Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Kate Middleton usa gargantilha de esmeraldas da princesa Diana

    Peça em estilo Art Déco era a favorita da antiga princesa de Gales

    Kate Middleton, princesa de Gales, utilizando a gargantilha de esmeraldas da princesa Diana
    Kate Middleton, princesa de Gales, utilizando a gargantilha de esmeraldas da princesa Diana Samir Hussein/WireImage

    Sophie TannoLauren Said-Moorhouseda CNN

    Kate Middleton, princesa de Gales, encantou na noite de sexta-feira (2), no prêmio Earthshot de 2022, exibindo seu estilo sustentável em um vestido alugado que ela complementou com uma gargantilha esmeralda que já foi utilizada pela princesa Diana.

    A peça em estilo Art Déco era a favorita da antiga princesa de Gales, que ousadamente a usou na testa como uma tiara durante uma turnê pela Austrália em 1985 com seu então marido, o rei Charles III. A joia havia sido emprestada a Diana pela rainha Elizabeth II.

    A princesa de Gales decidiu encerrar a viagem real de três dias aos Estados Unidos combinando a gargantilha com um vestido ombro a ombro verde vibrante da Solace London, alugado por 74 libras (R$ 475) na plataforma online HURR.

    O Príncipe William fundou o prêmio Earthshot em 2020 na esperança de aproveitar as mentes mais inteligentes do mundo para enfrentar alguns dos desafios ambientais mais prementes da humanidade. Todos os anos, durante a próxima década, cinco vencedores receberão 1 milhão libras (R$ 6,4 milhões) para financiar suas soluções criativas.

    O evento organizado este ano em Boston foi um dos destaques do calendário do príncipe de Gales. Falando na cerimônia, William disse: “Acho que as soluções Earthshot que vocês viram esta noite mostram que podemos superar os maiores desafios do nosso planeta. E ao apoiá-los e ajudá-los a crescer, podemos mudar nosso futuro.”

    “Juntamente com os vencedores e finalistas, e os que virão nos próximos anos, espero que o legado de Earthshot continue a crescer, ajudando nossas comunidades e nosso planeta a prosperar”, continuou.

    Os organizadores do Earthshot consideraram a sustentabilidade em quase todos os aspectos da noite. Em uma tentativa de tornar a ocasião o mais ecológica possível, todos os alimentos servidos eram à base de plantas e o plástico de uso único foi proibido. Os convidados foram transportados para o local em veículos elétricos ou híbridos e foi dada ênfase à contratação de fornecedores locais equipamentos.

    Como a escolha do guarda-roupa de Catherine, os participantes foram incentivados a se vestir com conjuntos vintage ou usar roupas que usariam novamente no futuro.

    Enquanto isso, o tapete verde reciclado, que já havia sido usado na premiação inaugural em Londres no ano passado, foi adornado com plantas cultivadas em um raio de 160 quilômetros do local que seriam doadas a organizações comunitárias após o deslumbrante evento.

    As celebridades presentes na cerimônia de premiação incluíram o ator de Hollywood Rami Malek e o ex-capitão do futebol inglês David Beckham, enquanto os artistas da noite incluíram Annie Lennox, Ellie Goulding e as protegidas de Beyoncé, Chloe x Halle.

    Em conversa com a CNN antes do evento, Malek elogiou William por lançar os prêmios e criar uma abordagem positiva para enfrentar a crise climática.

    “É extraordinariamente inspirador. Ele está encontrando respostas e as 1 milhão de libras dadas a essas cinco pessoas, essas cinco organizações, é algo que nos impede de olhar para o escuro e ser pessimistas, e olhar para frente de onde podemos estar. Quando juntamos nossas ideias, podemos fazer coisas extraordinárias”, disse a estrela de “Bohemian Rhapsody”, de 41 anos, que mais tarde entregou o prêmio Fix Our Climate.

    A cerimônia de premiação encerrou uma complexa visita do casal real a Boston, ofuscada pela controvérsia racial em torno de uma mulher identificada como madrinha de William, Susan Hussey. A mídia britânica noticiou sua renúncia como assessora real depois que ela repetidamente questionou um proeminente líder de caridade negro nascido no Reino Unido sobre de onde ela “realmente veio”.

    Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

    versão original