Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Kremlin diz que Gazprom trabalha para aceitar rublos por exportação de gás

    Putin ordenou que a empresa russa de energia aceite pagamentos com a moeda do país; medida deve começar a valer nos próximos quatro dias

    Logo da Gazprom em São Petersburgo
    Logo da Gazprom em São Petersburgo 26/01/2022 REUTERS/Anton Vaganov

    Da Reuters

    Ouvir notícia

    O presidente Vladimir Putin ordenou que a gigante de energia russa Gazprom aceite pagamentos por suas exportações de gás natural em rublos. Segundo comunicado do Kremlin nesta sexta-feira (25), está sendo discutido como isso pode ser feito já nos próximos quatro dias.

    O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que o maior produtor de gás natural liquefeito da Rússia, Novatek, não recebeu tais instruções.

    Putin afirmou que a Rússia buscará pagamento em rublos pelo gás vendido a países “hostis” depois que os Estados Unidos e aliados europeus se uniram para impor sanções à Rússia com o objetivo de forçar sua retirada da Ucrânia.

    A medida foi recebida com desânimo na Europa e muitas empresas disseram que os contratos com a Gazprom estipulavam que o pagamento deveria ser feito em euros ou dólares americanos, não em rublos russos.

    O Kremlin também declarou, nesta sexta-feira (25), que as sanções ocidentais contra German Gref, presidente do maior banco russo Sberbank, não representam uma ameaça ao setor bancário do país ou ao próprio banco.

    O Tesouro dos EUA impôs sanções a Gref na quinta-feira (24), dizendo que ele era um colaborador próximo do presidente Vladimir Putin, enquanto Washington e seus aliados tentavam aumentar a pressão sobre Moscou para tentar forçar uma retirada das tropas russas da Ucrânia.

    Mais Recentes da CNN