Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula diz que brasileiro refém do Hamas pode ser libertado nos próximos dias

    Presidente brasileiro mantém conversas com o Catar, importante mediador do conflito em Gaza

    Tiago Tortellada CNN

    em São Paulo

    O brasileiro que é mantido refém pelo Hamas pode ser libertado nos próximos dias, afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nesta quinta-feira (30).

    Lula agradeceu ao Catar pelo papel desempenhado nas negociações para permitir a repatriação dos brasileiros na Faixa de Gaza, mas ressaltou que ainda trabalham na soltura do homem detido pelo grupo radical islâmico.

    “[O Catar terá um papel importante] na libertação de um refém, que ainda pode ser liberado por esses dias”, afirmou.

    A embaixada do Brasil em Israel confirmou à CNN nesta quinta-feira que o brasileiro Michel Nisenbaum, desaparecido desde o início da guerra, é considerado refém do Hamas, conforme informaram Basília Rodrigues, analista de Política da CNN, e Michel Gawendo, correspondente da CNN.

    A informação foi confirmada para a diplomacia brasileira por autoridades israelenses.

    Nesta manhã, o embaixador Frederico Meyer recebeu a irmã do brasileiro na embaixada em Tel Aviv e confirmou a condição de refém.

    Sequestro de Michel Nisenbaum

    Michel Nisenbaum, de 59 anos, que também é cidadão israelense, foi sequestrado na manhã de 7 de outubro, quando foi feito o ataque do Hamas.

    Ele estava no caminho para levar a neta, que dormiria naquela noite com o pai, mas o contato com a família foi perdido às 7h da manhã.

    Michel Nisenbaum está desaparecido dede 7 de outubro. / Foto divulgada pela família

    Quando sua filha tentou entrar em contato com Nisenbaum, às 7h20, a ligação foi atendida em árabe e ouviram-se gritos de “Hamas”, de acordo com a representação brasileira.

    A família do brasileiro-israelense está sendo acompanhada e atualizada por representantes do governo de Israel.

    “Nós temos apoio oficial. Duas pessoas são encarregadas da nossa família e nos ajudam em tudo o que precisamos”, afirmou Mary Shohat, irmã do desaparecido.

    “Coração sangrando”, diz irmã de brasileiro à CNN

    Em entrevista exclusiva à CNN nesta quinta-feira (30), Mary Shohat, irmã de Michel Nisenbaum, o brasileiro sequestrado pelo Hamas, relatou como a família está enfrentando as últimas semanas.

    “[Têm sido] dias bastantes feios. A gente tem a sensação de que o peito está para explodir. O nosso coração está sangrando.”

    VÍDEO — Irmã de brasileiro refém do Hamas fala à CNN: “Neto pergunta onde está o avô”

    *com informações de Basília Rodrigues. Léo Lopes e Michel Gawendo, da CNN