Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Malala Yousafzai escreve para Rodrigo Pacheco e pede investimento em educação

    Na mensagem, a mais jovem vencedora do Prêmio Nobel suplica por financiamento público adequado para que estudantes se mantenham na rede de ensino

    Eduardo Hahonda CNN*

    Ouvir notícia

    Na próxima segunda-feira (21), militantes da área de educação entregarão ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), uma carta de apelo da ativista paquistanesa Malala Yousafzai. No documento, a ativista reforça pedido por políticas públicas que garantam a permanência de crianças e adolescentes no sistema educacional.

    A entrega da carta ocorrerá durante a sessão virtual “Busca Ativa: Toda Criança na Escola”, do Senado. A manifestação será lida por Andressa Pellanda, coordenadora-geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação e integrante da ONG Malala Fund no Brasil. A organização é um coletivo de 11 educadores comprometidos em promover a educação de meninas, principalmente, de indígenas e quilombolas, nas regiões do país com os piores índices educacionais.

    Em nota, a Campanha Nacional pelo Direito à Educação comentou a leitura da carta no Plenário do Senado, afirmando se tratar de um “apelo pela busca ativa de milhões de estudantes brasileiros, sobretudo meninas, que deixaram de frequentar a escola, devido às consequências sociais e econômicas da pandemia de Covid-19”.

    “Malala também pede financiamento público adequado para a garantia de permanência de estudantes nas escolas com educação de qualidade”, disse a Campanha. O ato ocorrerá a partir das 14, no plenário virtual do Senado.

    Sob supervisão de Afonso Benites

    Mais Recentes da CNN