Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Manifestantes anti-monarquia mostram apoio a Meghan Markle durante protesto

    Meghan decidiu não participar da cerimônia neste sábado; príncipe Harry viajou sozinho a Londres

    Manoela Carluccida CNN*

    Em São Paulo

    Durante a cerimônia de coroação do rei Charles III, neste sábado (6), manifestantes anti-monarquia realizaram protestos pela cidade de Londres.

    A nora do novo rei, Meghan Markle, optou por não comparecer ao evento. Seu marido, príncipe Harry, marcou presença sozinho e deve retornar neste sábado aos Estados Unidos, onde mora com sua esposa, para participar das comemorações de aniversário de um de seus filhos.

    O duque ficou de fora e não apareceu com seus familiares para cumprimentar o público na sacada do Palácio de Buckingham, ato que é tradição na família real.

    Apesar da ausência de Meghan, os manifestantes fizeram questão de representá-la através de cartazes.

    Algumas das faixas de apoio continham fotos estampando seu rosto com as frases “Princesa do povo”, “Princesa dos nossos corações”. Essas expressões costumavam ser atribuídas à falecida Princesa Diana.

    Meghan preferiu permanecer em sua casa, nos Estados Unidos, para comemorar o quarto aniversário de Archie, seu filho.

    Nas redes sociais, muitos internautas comentaram a ausência da duquesa e aproveitaram para mandar mensagens de carinho e enaltecê-la.

    Relação conturbada

    Essa foi a primeira vez em que o príncipe Harry se encontrou publicamente com a família real desde o lançamento de seu liviro “Spare”, no qual revelou diversas situações entre os membros da monarquia.

    A chegada de Meghan Markle causou reboliço na tradicional família real britânica. Uma atriz norte-americana, filha de uma mulher preta e divorciada conquistou o coração do príncipe Harry.

    Em janeiro de 2020, quase dois anos após o casamento, o casal anunciou que estava se afastando de seus deveres e funções na realeza e se mudando para os Estados Unidos. A decisão balançou a relação entre o duque de Sussex e seus familiares. Entre eles, seu pai.

    Em uma entrevista bombástica à Oprah Winfrey em 2021, Harry afirmou que não teria se afastado da família real se não fosse por Meghan, porque “estava preso, mas não sabia que estava preso”.

    (*Com informações de Danilo Moliterno)