Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ministério da Justiça montará estrutura de atendimento exclusiva para resgatados de Gaza

    Grupo será informado sobre abrigo, documentação e alimentação assim que chegar ao Brasil

    Aeronave da FAB está em Cairo, no Egito, à espera de autorização para resgatar brasileiros e outros cidadãos da Faixa de Gaza
    Aeronave da FAB está em Cairo, no Egito, à espera de autorização para resgatar brasileiros e outros cidadãos da Faixa de Gaza 18/10/2023 - Divulgação/GOV-BR e FAB

    Gabriela Pradoda CNN

    Brasília

    O Ministério da Justiça e Segurança Pública vai montar uma estrutura de acolhimento no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, para atender os brasileiros e palestinos que aguardam resgate na Faixa de Gaza.

    Assim que chegar ao Brasil, o grupo será informado sobre abrigo, documentação e alimentação. Também vão receber apoio médico e psicológico.

    Neste momento, o Brasil trabalha para retirar 32 pessoas da região mais crítica do conflito entre Israel e Hamas. São 22 brasileiros, sete palestinos com visto temporário ou com visto de autorização de residência, e mais três palestinos parentes próximos desses brasileiros.

    O procedimento de repatriação é padrão nesse tipo de caso para impedir a separação das famílias. Pedidos de refúgio para quem precisar podem ser protocolados assim que o grupo desembarcar.

    A vinda desse grupo que está na Faixa de Gaza ainda não tem data para acontecer por conta do impasse sobre a abertura da passagem de Rafah, na fronteira com o Egito.

    Um avião da presidência que estava em Roma aguardando autorização para repatriar o grupo de brasileiros e palestinos pousou no Egito com ajuda humanitária para enviar a Gaza. A aeronave vai ficar no Cairo para aguardar a chegada dos civis.

    VÍDEO – Veja como funcionam os purificadores enviados a Gaza