Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Míssil russo passa “criticamente” perto de usina nuclear ucraniana, diz operador

    A empresa estatal Energoatom afirma que as forças russas cometeram outro ato de terrorismo nuclear

    Taras ZadorozhnyyBex Wrightda CNN

    Um míssil russo passou “criticamente” perto da Usina Nuclear do Sul da Ucrânia neste domingo (5), segundo informações da operadora estatal Energoatom.

    “A Rússia continua a ameaçar a segurança nuclear das usinas nucleares ucranianas e ameaça o mundo com uma nova catástrofe nuclear”, disse a Energoatom.

    “A Rússia cometeu outro ato de terrorismo nuclear – às 5h30 um míssil de cruzeiro russo, semelhante ao míssil ‘Caliber’, voou criticamente baixo sobre a Usina Nuclear do Sul da Ucrânia”, continuaram.

     

    “Provavelmente, este míssil foi disparado na direção de Kyiv, onde explosões foram ouvidas esta manhã.”

    A Energoatom finalizou comunicando que as forças russas “ainda não entendem que mesmo o menor fragmento de um míssil que pode atingir uma unidade de energia em funcionamento pode causar uma catástrofe nuclear e vazamento de radiação”.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original