Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    ‘Não estamos fazendo o suficiente’, diz membro do IPCC sobre mudanças climáticas

    Relatório mostrou que temperatura média do planeta deve alcançar 1,5 grau de aquecimento nas próximas duas décadas

    *Produzido por Vinícius Tadeu, da CNN em São Paulo

    Em entrevista à CNN, o diretor do Instituto de Biociências da USP e membro do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima (IPCC) Marcos Buckeridge afirmou que “não estamos fazendo o suficiente” sobre as alterações climáticas, que têm causado ondas de frio e calor fora do comum no mundo inteiro.

    “As modelagens indicam que, no futuro, a tendência de eventos extremos é piorar, mas há países que não seguem aquilo que outros estão fazendo”, disse Buckeridge.

    “É preciso ter uma ação conjunta do mundo, senão não vamos conseguir atravessar isso sem muitas pessoas sendo prejudicadas.” 

    O relatório divulgado nesta segunda-feira (9) pelo IPCC mostrou que a temperatura média do planeta subiu 1,1 grau desde a segunda metade do século 19, com o advento da Revolução Industrial. E, no melhor dos cenários, deve alcançar 1,5 grau de aquecimento nas próximas duas décadas.

    Apesar disso, Buckeridge reforça que os eventos extremos ainda precisam ser melhor avaliados. “Nós, cientistas, precisamos esperar para fazer o que chamamos de atribuição”, explicou.

    Incêndio california
    Incêndios florestais na Califórnia na região de Greenville
    Foto: Trevor Bexon/Getty Images

    *supervisionado por Elis Franco

    (publicado por Fernanda Colavitti)