Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nepal registra primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo

    União pôde ser oficializada após decisão provisória da Suprema Corte do país conservador

    Bandeira LGBT+
    Bandeira LGBT+ Chuchart Duangdaw/Getty Images

    Da Reuters

    Autoridades locais em um vilarejo no Nepal registraram o primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo do país nessa quarta-feira (29), disseram autoridades e ativistas, cinco meses depois que a Suprema Corte emitiu uma ordem provisória abrindo caminho para casamentos homoafetivos.

    O casamento entre Ram Bahadur (Maya) Gurung, de 36 anos, que nasceu do sexo masculino, mas se identifica como mulher, e Surendra Pandey, de 26 anos, que nasceu e se identifica como homem, foi formalmente registrado no escritório do município rural de Dordi no distrito de Lumjung, no oeste do Nepal, disse uma autoridade.

    “Nós dois estamos muito felizes. Como nós, todos os outros em nossa comunidade também estão felizes”, disse Pandey em uma entrevista por telefone.

    O casal está em um relacionamento há nove anos e se casou de acordo com rituais hindus em 2016 na capital, Katmandu, mas não havia oficializado a união perante a Justiça até esta semana.

    “Emitimos a certidão de registro de casamento para o casal em consideração à ordem da Suprema Corte e instruções das autoridades governamentais relevantes”, disse Hem Raj Kafle, diretor administrativo do município rural de Dordi.

    Em junho, a Suprema Corte do país emitiu uma ordem provisória permitindo que casais do mesmo sexo registrassem seus casamentos até um veredicto final.

    Sunil Babu Pant, fundador da Blue Diamond Society, a principal organização de direitos LGBT+ do Nepal, disse que foi uma vitória para as minorias que há muito exigem direitos iguais, incluindo o reconhecimento de seus casamentos em um país muito conservador.

    “É histórico”, disse Pant, um ex-legislador, observando que foi o primeiro registro desse tipo no sul da Ásia. “Isso abrirá a porta para que eles abram contas bancárias em conjunto, possuam e transfiram propriedades como qualquer outro casal.”

    Taiwan é o único outro lugar para legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo na Ásia, onde as sociedades permanecem em grande parte conservadoras.

    O Nepal tornou-se cada vez mais progressista desde que uma insurgência maoísta de uma década terminou em 2006. Dois anos depois, os partidos políticos votaram para abolir a monarquia hindu de 239 anos, uma exigência fundamental dos maoístas, cujo comandante-chefe é agora primeiro-ministro e lidera um governo de coligação com o partido centrista do Congresso nepalês.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original