Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Onda de calor mata dezenas de desabrigados na capital da Índia, diz grupo

    Ao menos 52 corpos de indigentes foram encontrados nos últimos dois dias

    Homem se refresca em Nova Délhi
    Homem se refresca em Nova Délhi REUTERS/Priyanshu Singh

    Shilpa Jamkhandikarda Reuters

    A onda de calor que atinge o norte da Índia matou cerca de 200 pessoas desabrigadas em Nova Délhi na última semana, informou um grupo dedicado a ajudar os sem-teto, nesta quinta-feira (20), conforme o país enfrenta altas temperaturas recordes.

    Pelo menos 52 corpos foram levados a hospitais nos últimos dois dias, disse o jornal Times of India, acrescentando que a maioria deles era de pessoas pobres que viviam e trabalhavam ao ar livre.

    Um total de 192 pessoas sem-teto morreram em Nova Délhi entre 11 e 19 de junho, de acordo com números do governo compartilhados pela organização sem fins lucrativos Centre for Holistic Development, mais do que nos anos anteriores.

    “Os mais pobres arcam com o custo dessa mudança climática. A maioria dessas pessoas vive embaixo de viadutos e ao ar livre e não tem proteção contra o calor. Em sua maioria, são mortes causadas por ondas de calor”, disse Sunil Kumar Aledia, que dirige o CHD, à Reuters.

    A Índia registrou mais de 40.000 casos suspeitos de insolação neste verão e pelo menos 110 mortes confirmadas entre 1º de março e 18 de junho, quando o noroeste e o leste da Índia registraram mais do que o dobro do número normal de dias de ondas de calor.

    “Um verão prolongado deveria ser classificado como um desastre natural”, disse o jornal The Hindu em um editorial nesta quinta-feira (20), apontando para a escassez de água e a demanda recorde de energia.

    O Ministério da Saúde ordenou que as instituições federais e estaduais garantissem atenção imediata aos pacientes, enquanto os hospitais foram orientados a disponibilizar mais leitos.

    O departamento de meteorologia previu temperaturas acima do normal também para este mês, e Délhi teve sua noite mais quente em mais de 50 anos na quarta-feira (19), com uma temperatura mínima de 35,2ºC, segundo dados do departamento de meteorologia.

    As temperaturas, no entanto, caíram quase 6 graus em Nova Délhi, depois que a chuva deu uma trégua ao calor, mostraram dados do departamento de meteorologia.