Venezuela: Com participação baixa e boicote, chavismo vence eleição legislativa

Conselho Eleitoral declarou que PSUV, legenda de Maduro, formou maioria em eleições parlamentares boicotadas pela oposição e com baixo comparecimento

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela Foto: Reprodução - 04.out.2020 / Reuters

Por Oliver Tapia, da CNN

Ouvir notícia

 

O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), legenda de Nicolás Maduro, venceu as eleições parlamentares venezuelanas realizadas neste domingo (6), anunciou a presidente do Conselho Nacional Eleitoral (CNE) do país, Indira Alfonzo, na manhã de segunda-feira.

Além da recusa dos principais candidatos opositores em participar do pleito – acusado de ser fraudulento -, a oposição também incentivou que eleitores boicotassem a votação.

Leia também:
Em dia de eleições na Venezuela, oposição denuncia fraudes

Lendo o balanço dos primeiros resultados eleitorais de Caracas, Alfonzo anunciou que o comparecimento às urnas foi de 31% e que, na madrugada de segunda-feira, 83% dos votos haviam sido apurados.

O presidente do CNE disse que o PSUV de Maduro e outros partidos pró-governo receberam 3.558.320 votos de um total de 5.264.104, ou 67% do total.

Os partidos minoritários da oposição obtiveram menos de 20% dos votos, segundo o Conselho Eleitoral.

“Temos uma nova Assembleia Nacional, eleita pelo povo. Uma grande vitória para a democracia e a constituição “, disse Maduro na televisão na manhã de segunda-feira, comemorando os resultados.

Vários países, incluindo Estados Unidos, Canadá, Chile e Colômbia, anunciaram que não reconheceriam os resultados das eleições.

Mais Recentes da CNN