Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Passageiro que morreu em turbulência de voo da Singapore Airlines era britânico

    Gerente-geral do aeroporto disse à CNN que a causa da morte ainda será determinada por um médico, acrescentando que o homem tinha um problema cardíaco

    Kocha OlarnCatherine Nichollsda CNN em Bangkok e Londres

    A pessoa que morreu a bordo do avião da Singapore Airlines que enfrentou forte turbulência em um voo de Londres para Singapura era um britânico de 73 anos, disse nesta terça-feira (21) o gerente-geral do Aeroporto Internacional Suvarnabhumi de Bangkok.

    Segundo Kittipong Kittikachorn, o homem morreu no avião.

    Kittikachorn disse à CNN que a causa da morte ainda será determinada por um médico, acrescentando que o homem tinha um problema cardíaco.

    “É a primeira vez na Tailândia que uma turbulência causa perda de vidas”, disse Kittikachorn, acrescentando que a esposa do passageiro falecido está no hospital.

    O Escritório de Relações Exteriores, Commonwealth e Desenvolvimento do Reino Unido disse que estava analisando os relatórios quando solicitado pela CNN para comentar.

    Uma pessoa morreu a bordo de um avião da Singapore Airlines que enfrentou forte turbulência em um voo de Londres para Singapura, informou a companhia aérea nesta terça-feira (21).

    Ainda segundo a empresa, 30 pessoas ficaram feridas. Entretanto, o Hospital Samitivej Srinakarin em Bangkok, que recebeu os passageiros feridos, disse que ao menos 71 pessoas ficaram feridas, sendo seis em estado grave.

    “Podemos confirmar que há vários feridos e uma morte a bordo da aeronave Boeing 777-300ER”, afirmou a companhia aérea em comunicado no Facebook.

    “A partir das 19h50, horário de Singapura, em 21 de maio de 2024, 18 pessoas foram internadas. Outros 12 estão sendo tratados em hospitais”, segundo a Singapore Airlines.

    “Os restantes passageiros e tripulantes estão sendo examinados e tratados, quando necessário, no Aeroporto Internacional Suvarnabhumi, em Banguecoque”, afirmou a empresa no seu post.

    O avião Boeing 777-300ER com 211 passageiros e 18 tripulantes dirigia-se para Singapura quando fez o pouso de emergência, informou a companhia aérea em comunicado.

    Um porta-voz do aeroporto Suvarnabhumi, em Bangkok, disse que a equipe médica estava de prontidão.

    “Nossa prioridade é prestar toda a assistência possível aos passageiros e tripulantes a bordo da aeronave”, afirmou a companhia aérea. “Estamos trabalhando com as autoridades locais da Tailândia para fornecer a assistência médica necessária”.