Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Pó branco encontrado na Casa Branca é identificado como cocaína, diz jornal

    Serviço Secreto confirmou que um "item desconhecido" foi deixado em área de trabalho no último domingo e que levou ao fechamento de parte da residência presidencial oficial

    Kanishka SinghJeff Masonda Reuters

    Washington

    Um pó branco encontrado dentro da Casa Branca na noite do último domingo, que levou ao fechamento temporário de parte do complexo presidencial, foi identificado pelo corpo de bombeiros de Washington como cocaína. A informação foi divulgada pelo jornal Washington Post.

    O Serviço Secreto confirmou à Reuters que foi encontrado um “item desconhecido” que levou ao fechamento de parte da Casa Branca, mas encaminhou outras perguntas ao Corpo de Bombeiros, que se recusou a comentar.

    “Na noite de domingo, o complexo da Casa Branca foi fechado por precaução enquanto oficiais da Divisão Uniformizada do Serviço Secreto investigavam um item desconhecido encontrado dentro de uma área de trabalho”, disse um porta-voz do Serviço Secreto em comunicado por e-mail.

    O item foi descoberto na Ala Oeste, disse o porta-voz, uma área anexa à mansão executiva onde mora o presidente e inclui o Salão Oval, a sala do gabinete e área de imprensa, além de escritórios e espaço de trabalho para assessores e funcionários do presidente.

    O presidente norte-americano, Joe Biden, não estava na Casa Branca na época. Centenas de pessoas trabalham ou passam regularmente pela Ala Oeste da Casa Branca.

    “O Corpo de Bombeiros de [Washington] DC foi chamado para avaliar e rapidamente determinou que o item não era perigoso”, acrescentou o Serviço Secreto. Há “uma investigação sobre a causa e a maneira” de como a substância entrou na Casa Branca, disse o porta-voz.

    O Washington Post noticiou que “um bombeiro da equipe de materiais perigosos do departamento de DC transmitiu por rádio os resultados de um teste” do item, citando um banco de dados online de comunicações de emergência. O despacho de rádio dizia: “Temos uma barra amarela dizendo cloridrato de cocaína”.

    Dois “oficiais familiarizados com o assunto” confirmaram ao Washington Post que a substância encontrada na Casa Branca era cocaína.