Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia dispara canhões de água para dispersar protestos na Argentina

    Manifestantes criticam medidas de austeridade do presidente Javier Milei

    Polícia dispara canhões de água para dispersar protestos na Argentina
    Polícia dispara canhões de água para dispersar protestos na Argentina Reuters

    Da Reuters

    A polícia argentina usou canhões de água para dispersar um protesto em Buenos Aires nesta quarta-feira (10), após movimentos sociais saírem às ruas para se opor às medidas de austeridade do presidente Javier Milei.

    Os manifestantes marcharam ao longo de uma avenida principal da capital, interrompendo o trânsito.

    O protesto destacou a situação difícil da classe trabalhadora e dos setores populares que, segundo eles, estão suportando o peso dos cortes governamentais destinados a conter a inflação.

    Milei implementou medidas de austeridade que incluem cortes dolorosos nos gastos do Estado, redução de subsídios e podas no setor público.

    A Argentina está lutando para reduzir um dos níveis de inflação mais elevados do mundo, com uma taxa anual superior a 275%, ao mesmo tempo que enfrenta uma pobreza crescente, uma estagnação da atividade econômica e o impacto de controles de capital rigorosos que dificultam os negócios.