Posse de Biden e Harris: os simbolismos e os primeiros atos

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Nesta quarta-feira (20), Joe Biden se tornou o 46º presidente dos Estados Unidos em uma cerimônia de posse nada convencional. O Capitólio, que há poucas semanas havia sido invadido por apoiadores de Donald Trump que não aceitavam a derrota do republicano, ontem estava cercado por mais de 25 mil soldados. A ausência de Trump, o primeiro presidente em mais de 150 anos a faltar à posse do sucessor, também não passou despercebida. 

Neste episódio do E Tem Mais, Monalisa Perrone conversa com Núria Saldanha, correspondente da CNN em Washington, sobre a excepcionalidade e os simbolismos da posse de Biden. Também participa do episódio o doutor em relações internacionais Carlos Gustavo Poggio, que analisa os primeiros atos do democrata na presidência. Logo nos primeiros dias de governo, Biden promete romper com a política de Trump no que se refere ao meio ambiente, políticas migratórias e na condução do combate à pandemia.

Leia e assista também:

Em último dia, Trump dá clemência a 143 pessoas — incluindo Bannon e rappers

Descontente com alguns republicanos, Trump cogita criar um novo partido político

EUA: Esnobado por Trump, Brasil pode ser usado como ‘saco de pancadas’ por Biden

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

CNN Mundo

5 Fatos

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

(Publicado por Amauri Arrais)

E Tem Mais
O podcast E Tem Mais, com Monalisa Perrone, episódios de segunda a sexta
Foto: CNN Brasil

Mais Recentes da CNN