Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Prefeito pede fim de saques em Kherson, cidade ucraniana controlada pela Rússia

    Morador declarou à CNN que os ocupantes russos colocaram postos de controle e pontos com atiradores em locais importantes da cidade

    Mariya Knightda CNN

    Ouvir notícia

    O prefeito da cidade ucraniana de Kherson, Ihor Kolykhaiev, pediu, nesta quinta-feira (3), que as pessoas parem de saquear e roubar alimentos.

    Kolykhaiev declarou, na quarta-feira (2), que os militares da Ucrânia não estão mais na localidade e que seus habitantes devem agora cumprir as instruções de “pessoas armadas que vieram para a administração da cidade”, indicando um controle da Rússia.

    “A cidade precisa de alimentos e produtos industriais. Isto é especialmente para as camadas mais desprotegidas da população. Apelo a todos os donos de supermercados, grandes lojas, armazéns, lojas de alimentos e a quem achar útil esta mensagem”, disse Kolykhaiev em postagem nas redes sociais.

    “A cidade está pronta para assumir o controle da distribuição de seus produtos restantes. Garantimos que chegará onde agora é mais esperado – hospitais, orfanatos, pensionistas, necessitados, famílias com muitos filhos, categorias sociais etc”, continuou.

    Enquanto isso, Yaroslav Kontsevyi, morador de Kherson, disse à CNN que os ocupantes russos colocaram postos de controle e pontos com atiradores em locais importantes da cidade.

    Kontsevyi diz que as forças russas estão parando civis ucranianos e perguntando se eles vão lutar do lado russo ou ucraniano em caso de mobilização.

    Kherson é estrategicamente importante em uma enseada do Mar Negro com uma população de quase 300 mil habitantes. O controle da localidade marca um momento significativo do conflito, pois é a primeira grande cidade tomada pela Rússia.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN