Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Presidente do Equador ratifica acordos de cooperação militar com EUA

    No início do ano, Noboa lançou uma operação contra grupos criminosos e disse que aceitará toda a ajuda que a comunidade internacional puder oferecer

    Presidente do Equador, Daniel Noboa
    Presidente do Equador, Daniel Noboa 22/01/2024REUTERS/Karen Toro/File Photo

    Reuters

    O presidente do Equador, Daniel Noboa, ratificou nesta quinta-feira dois acordos de cooperação militar com os Estados Unidos, incluindo um para operações navais conjuntas, em meio a uma ofensiva de segurança contra gangues criminosas no país andino.

    No início deste ano, Noboa lançou a operação contra grupos criminosos, que ele designou como terroristas, e disse que aceitará toda a ajuda que a comunidade internacional puder oferecer para combater o crime organizado no país.

    Embora os acordos tenham sido assinados pelo antecessor de Noboa, Guillermo Lasso, no ano passado, o presidente os ratificou por decreto, após uma decisão favorável do tribunal constitucional do Equador.

    Um dos acordos permitirá que o Equador realize operações conjuntas com os Estados Unidos para combater atividades ilegais como tráfico de drogas, tráfico de armas, pessoas e pesca ilegal.

    O governo não publicou o conteúdo dos acordos ratificados.

    Altos funcionários dos EUA visitaram o Equador nas últimas semanas para discutir a cooperação em segurança.

    (Reportagem de Alexandra Valencia)