Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Prigozhin: Imagens de satélite indicam que fuselagem estava intacta quando avião caiu

    Boa parte da fuselagem estava em uma clareira de uma floresta, enquanto outras peças menores do avião caíram em outro local

    Queda do avião em que estaria Prigozhin é mostrado nesta imagem de satélite
    Queda do avião em que estaria Prigozhin é mostrado nesta imagem de satélite SAR © 2023 Umbra Lab, Inc.

    Paul P. Murphyda CNN

    A fuselagem do avião que supostamente transportava Yevgeny Prigozhin estava praticamente intacta quando a aeronave caiu no solo na quarta-feira (24). É o que mostram novas imagens de satélite compartilhadas exclusivamente com a CNN.

    A imagem do radar de abertura sintética (SAR) obtida pelo Umbra Lab, Inc., mostrara que o local do acidente tem a forma oval, com o comprimento maior que a largura, contém basicamente a fuselagem e está restrito a uma área específica.

    Esta conclusão é apoiada por um vídeo geolocalizador e autenticado pela CNN que mostra a fuselagem e os motores do avião, aparentemente sem asa, caindo do céu.

    Embora a maioria dos destroços apareça na borda de uma clareira na floresta, em forma de fuselagem, pedaços menores do avião caíram em outro lugar. A pouco mais de um quilômetro — ou quase dois quilômetros — a sudeste do local principal dos destroços, a CNN geolocalizou imagens e vídeos que mostravam parte da cauda do avião em outra clareira, perto de uma fileira de casas.

    O que são imagens SAR?

    As imagens SAR são diferentes das imagens normais de satélite. Elas são criadas pela transmissão de feixes de radar capazes de passar pelas nuvens. Os feixes ricocheteiam em objetos no solo e ecoam de volta para o satélite; o que eles refletem é então mapeado pelo satélite e a imagem SAR é criada.

    Veja também: Como fica a relação de Putin com o Grupo Wagner?

    Yevgeny Prigozhin, chefe do Grupo Wagner

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original