Primeira-dama dos EUA faz visita surpresa a tropas e leva biscoitos

Jill Biden visitou tropas alocadas no Capitólio, em Washington, para cerimônia de posse. Democrata Joe Biden tomou posse como presidente na última quarta

A primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, fez uma visita surpresa às tropas da Guarda Nacional americana
A primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, fez uma visita surpresa às tropas da Guarda Nacional americana Foto: Twitter/JIll Biden

Anna Gabriela Costa, colaboração para CNN Brasil

Ouvir notícia

 A primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, fez uma visita surpresa às tropas da Guarda Nacional americana, que estão alocadas no Capitólio, em Washington. Nesta sexta-feira (22), Jill Biden surpreendeu os militares com uma cesta de biscoitos de chocolate. As tropas fizeram parte do forte esquema de segurança para a posse do presidente Joe Biden, na última quarta-feira (20).

“Eu só queria vir hoje para agradecer a todos vocês por manterem a mim e minha família seguros. Quando eu vi tudo que vocês fizeram, vocês saíram dos seus estados de origem, eu só posso dizer obrigada”, disse a primeira-dama aos militares.

Jill Biden reforçou que os Biden são uma família da Guarda Nacional Americana, relembrando que seu filho, Beau Biden, serviu para o exército americano e combateu no Iraque. 

 

“Nosso filho Beau serviu por um ano no Iraque, entre 2008 e 2009, então eu sou uma mãe da Guarda Nacional. E quando eu vi o trabalho incrível que vocês fizeram durante a cerimônia de posse, eu só queria dizer obrigada, em nome do presidente Biden e em nome de toda a família Biden”.

Em forma de agradecimento, a primeira-dama americana levou para as tropas cestas com biscoitos de chocolate, assados na Casa Branca, afirmou Jill Biden. 

“A Casa Branca preparou para vocês uns biscoitos de chocolates, não posso dizer que preparei todos sozinha”, brincou Jill Biden. “Então queria lhes oferecer um biscoito em forma de agradecimento pelo seu serviço e o serviço de suas famílias, eu aprecio demais tudo o que vocês fizeram”. 

 

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN