Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Primeiro-ministro britânico visita Ucrânia e anuncia pacote de defesa de R$ 322 milhões

    Rishi Sunak se encontrou com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky

    Volodymyr Zelensky com o primeiro-ministro britânico Rishi Sunak
    Volodymyr Zelensky com o primeiro-ministro britânico Rishi Sunak Assessoria de Imprensa Presidencial Ucraniana

    Da CNN

    O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, anunciou um pacote de defesa aérea de US$ 60 milhões (equivalente a R$ 322 milhões) para a Ucrânia durante sua primeira visita a Kyiv no sábado (19), segundo informou a Downing Street.

    Durante sua reunião com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, Sunak “confirmou que o Reino Unido fornecerá um novo pacote importante de defesa aérea para ajudar a proteger os civis ucranianos e a infraestrutura nacional crítica de uma intensa barragem de ataques russos”, de acordo com um comunicado de imprensa.

    “O pacote de ajuda de defesa compreende 125 armas antiaéreas e tecnologia para combater drones mortais fornecidos pelo Irã, incluindo dezenas de radares e capacidade de guerra eletrônica anti-drone”, continuou o comunicado.

    Durante sua visita surpresa à capital ucraniana, Sunak colocou flores em um memorial para os mortos na guerra da Ucrânia e acendeu uma vela em um memorial para as vítimas da fome do Holodomor na década de 1930.

    O primeiro-ministro também se reuniu com socorristas ucranianos, que relataram seu “trabalho angustiante” resgatando sobreviventes dos escombros e combatendo incêndios causados ​​por ataques aéreos e morteiros russos.

    “É profundamente gratificante estar em Kyiv hoje e ter a oportunidade de conhecer aqueles que estão fazendo tanto e pagando um preço tão alto para defender os princípios da soberania e da democracia”, disse Sunak, de acordo com o comunicado.

    Ele expressou seu orgulho pelo fato de o Reino Unido “estar ao lado da Ucrânia desde o início”, dizendo que sua visita significa o compromisso do Reino Unido de “continuar ao lado da Ucrânia, enquanto luta para acabar com esta guerra bárbara e proporcionar uma paz justa”.

    Além do pacote de defesa aérea, Sunak também comprometeu US$ 14 milhões (12 milhões de libras e R$ 75, 3 milhões ) em financiamento para a resposta do Programa Mundial de Alimentos à Ucrânia, bem como US$ 5 milhões (4 milhões de libras e R$ 26 milhões) para a resposta da Organização Internacional para Migração à Ucrânia.