Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Príncipe William agradece público após diagnóstico de câncer do rei Charles

    Monarca se afastou dos compromissos públicos para tratamento da doença, que não teve detalhes revelados

    William, príncipe de Gales, do Reino Unido, acena ao chegar para jantar de gala beneficente da Ambulância Aérea de Londres
    William, príncipe de Gales, do Reino Unido, acena ao chegar para jantar de gala beneficente da Ambulância Aérea de Londres 07/02/2024REUTERS/Hollie Adams

    Michael Holdenda Reuters Londres

    O príncipe William, do Reino Unido, agradeceu ao público pelas mensagens carinhosas diante da revelação do diagnóstico de câncer do rei Charles ao retomar seus deveres públicos nesta quarta-feira, após a cirurgia da esposa Kate e as notícias da doença do pai.

    Enquanto William assume um papel central para a família real, seu irmão mais novo, príncipe Harry, que se afastou, estava prestes a retornar aos EUA após viagem ao Reino Unido para ver o pai.

    “Nós apreciamos muito as mensagens gentis de todo mundo, obrigado”, disse William, príncipe de Gales, de 41 anos, a jornalistas e simpatizantes ao chegar em jantar de gala de caridade de ambulância aérea em Londres, que contou com convidados como o ator de Hollywood Tom Cruise.

    O evento foi a segunda aparição pública do herdeiro do trono nesta quarta-feira em seu retorno ao trabalho. O príncipe havia adiado seus compromissos para cuidar dos três filhos depois de Kate, de 42 anos, ser submetida a uma cirurgia abdominal planejada em 16 de janeiro e passar duas semanas se recuperando no hospital.

    Charles foi tratado no mesmo hospital devido a um aumento da próstata antes de o Palácio de Buckingham anunciar, na segunda-feira, que exames do monarca de 75 anos detectaram um tipo de câncer.

    Na terça-feira, o rei viajou com a esposa, rainha Camilla, para Sandringham House, sua casa no leste da Inglaterra, após um breve encontro de cerca de 30 minutos com o filho Harry.

    Harry mal conseguiu falar com muitos dos Windsors após suas críticas à monarquia desde que deixou de exercer as funções reais há quase quatro anos.

    Uma fonte da realeza disse que não havia planos de um encontro com o irmão mais velho, William, durante a visita ao Reino Unido. Depois de apenas cerca de 24 horas no país, Harry foi visto no aeroporto de Heathrow, de onde ele deve voar para casa, na Califórnia, onde vive atualmente com a esposa Meghan e seus dois filhos.

    Apesar do diagnóstico, Charles planeja continuar com grande parte de seu trabalho privado como monarca e lidar com documentos estatais. Ele ainda falaria com o primeiro-ministro Rishi Sunak por telefone nesta quarta-feira, disse o porta-voz de Sunak.