Putin assina lei que lhe permite concorrer a mais dois mandatos no Kremlin

No poder desde 1999, Putin pode governar a Rússia por mais 12 anos depois do fim do seu mandato em 2024, com base na nova lei

Da Reuters

Ouvir notícia

O presidente russo, Vladimir Putin, assinou uma lei que lhe permite concorrer a mais dois mandatos presidenciais no Kremlin assim que seu mandato atual terminar em 2024. O documento foi publicado no site do governo nesta segunda-feira (5).

 A legislação, que pode abrir caminho para que Putin permaneça no poder até 2036, caso ele decida fazê-lo e ganhe a reeleição, reflete mudanças radicais na constituição que foram introduzidas no ano passado.

Putin poderá ficar no poder até 2036 se russos aprovarem mudança constitucional
Rússia votará mudança na Constituição que permitirá a Putin ser reeleito e ficar no poder até 2036
Foto: Alexei Nikolskyi – 27.mai.2020/ Kremlin/ Sputnik/ Reuters

 

Putin governa a Rússia há 22 anos, período em que alternou mandatos presidenciais e indicações ao cargo de primeiro-ministro. No poder desde 1999, o atual presidente russo deixará o Kremlin com 25 anos de governo, um a menos do que Stalin, o líder comunista que governou o país por mais tempo desde a Revolução de 1917.

A lei assinada por Putin ratifica reformas constitucionais aprovadas em um plebiscito realizado em 2020. Uma das alterações propostas pela nova legislação é o regramento de disputa das eleições. Agora, somente cidadãos russos com mais de 35 anos e que moraram no país por 25 anos consecutivos podem ser candidatos. 

Mais Recentes da CNN