Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Putin domina pesquisas em eleições na Rússia

    Líder deve ser confirmado em quinto mandato após último dia de votação no domingo (17)

    Presidente russo, Vladimir Putin
    Presidente russo, Vladimir Putin 13/02/2024Sputnik/Alexander Kazakov/Pool via REUTERS

    Guy Faulconbridgeda Reuters em Moscou

    Em uma Rússia em guerra, há apenas um candidato real e apenas um vencedor: Vladimir Putin.

    À medida que os russos começaram a votar nas eleições de 15 a 17 de março nos 11 fusos horários do país, a popularidade do ex-tenente-coronel da KGB, de 71 anos, é alta em meio ao forte apoio à guerra na Ucrânia.

    “Eu apoio Putin e, claro, vou votar nele”, disse Lyudmila Petrova, de 46 anos, que estava comprando tênis New Balance falsificados fabricados na China no sul de Moscou em um dos maiores mercados atacadistas da Rússia.

    “Putin levantou a Rússia de joelhos. E a Rússia derrotará o Ocidente e a Ucrânia. Você não pode derrotar a Rússia – nunca”, disse Petrova. “Você no Ocidente ficou completamente louco? O que a Ucrânia tem a ver com você?”

    O Ocidente vê Putin como um autocrata, um criminoso de guerra, um assassino e até mesmo, como o presidente dos EUA, Joe Biden, disse no mês passado, um “FDP louco”, que autoridades dos EUA dizem ter escravizado a Rússia em uma ditadura corrupta que leva à ruína estratégica.

    Mas na Rússia, a guerra ajudou Putin a reforçar seu poder e aumentar sua popularidade com os russos, de acordo com pesquisas e entrevistas com fontes russas de alto escalão.

    “Não tenha nenhuma dúvida: este é um trabalho para a vida”, disse um poderoso russo que está familiarizado com o pensamento nos níveis mais altos do Kremlin. Ele falou com a Reuters sob condição de anonimato para expressar suas opiniões sobre questões políticas.

    “Putin não tem concorrentes – ele está em um nível completamente diferente. O Ocidente cometeu um erro muito grave ao ajudar a unificar uma grande parte da elite russa e da população russa em torno de Putin com suas sanções e sua difamação da Rússia.”

    Outra fonte russa disse que o mandato de Putin como líder não era uma questão de política, mas de sua saúde, que parecia robusta. Ele não tem nenhum sucessor visível.

    Putin ordenou uma invasão em grande escala da Ucrânia em fevereiro de 2022 após oito anos de conflito no leste da Ucrânia entre as forças de Kiev de um lado e os ucranianos pró-russos e os representantes russos do outro.

    Dezenas de milhares de soldados foram mortos e muitos mais feridos em ambos os lados, milhares de civis ucranianos estão mortos e a economia e infraestrutura da Ucrânia sofreram danos no valor de centenas de bilhões de dólares.

    O Ocidente, que diz que Putin é uma ameaça muito além da antiga União Soviética, forneceu à Ucrânia centenas de bilhões de dólares em ajuda, armas e inteligência de alto nível. Líderes ocidentais acusam Putin de travar uma guerra brutal de estilo imperial com o objetivo de restaurar a influência global da Rússia.