Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Putin elogia Prigozhin e expressa “sinceras condolências” por mortos em queda de avião

    Presidente da Rússia disse, nesta quinta-feira (24), que é preciso aguardar o resultado da investigação oficial sobre o acidente

    Fernanda Pinottida CNN

    em São Paulo

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, expressou suas “sinceras condolências” a família de Yevgeny Prigozhin, chefe do Grupo Wagner, e dos outros passageiros que estavam a bordo do avião que caiu na quarta-feira (23).

    Em um discurso transmitido na televisão, nesta quinta-feira (24), Putin chamou o líder do grupo mercenário de “empresário talentoso”, e disse que é preciso aguardar o resultado da investigação oficial sobre o acidente, acrescentando que isso deve levar algum tempo.

    “Se os funcionários do Grupo Wagner estavam lá, e os dados preliminares indicam que sim, gostaria de observar que essas pessoas deram uma contribuição significativa para a nossa causa comum de combate ao regime neonazista na Ucrânia, lembramos disso, sabemos disso e não esqueceremos”, acrescentou Putin.

    O presidente russo lembrou que conhecia Prigozhin desde o início dos anos 1990, logo após o colapso da União Soviética. “Ele era uma pessoa talentosa, um empresário talentoso, trabalhava não só no nosso país, e alcançava resultados também no exterior, principalmente na África.”

    A Agência Federal Russa de Transporte Aéreo confirmou, na quarta, que Prigozhin era um dos ocupantes do avião que caiu enquanto fazia o trajeto entre as cidades de Moscou e São Petersburgo. Segundo a mídia estatal, os 10 ocupantes da aeronave morreram na queda.

    Ainda não está claro o que causou a queda do avião. As autoridades russas disseram que estão investigando e conduzindo operações de busca.

    Segundo a agência, estavam a bordo:

    • Yevgeny Prigozhin, chefe e fundador do Grupo Wagner;
    • Dmitry Utkin, co-fundador do Grupo Wagner e tenente de confiança de Prigozhin;
    • Valery Chekalov, assessor sênior de Prigozhin designado pelo Tesouro dos EUA por agir “para ou em nome de Prigozhin e ter facilitado o envio de munições para a Federação Russa”;
    • Sergey Propustin;
    • Evgeny Makaryan;
    • Aleksandr Totmin;
    • Nikolai Matuseev.

    Até o momento, oito corpos foram encontrados no local da queda, segundo a agência de notícias Russia-24. Nenhum dos corpos foi identificado.

    Durante o momento do acidente, o presidente Vladimir Putin estava na região de Kursk, liderando uma cerimônia em homenagem ao 80º aniversário da Batalha de Kursk e às forças russas que atualmente lutam na Ucrânia.

    Veja também: Dados apontam “descida dramática” do avião que transportava Prigozhin

    *Com informações da Reuters