Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Reféns resgatados em Rafah pelas forças de Israel são argentinos

    O gabinete da Presidência da Argentina informou a nacionalidade dos dois homens, de 60 e 70 anos, e agradeceu às forças israelenses pelo resgate

    Helicóptero militar israelense transportando dois reféns libertados pelo forças de segurança do país
    Helicóptero militar israelense transportando dois reféns libertados pelo forças de segurança do país Forças de Defesa de Israel

    Salma Freua

    Os reféns libertados em Rafah, no sul de Gaza, na noite de domingo (11), são argentinos, informou a Presidência da Argentina nesta segunda-feira (12).

    Conforme divulgado pelos militares israelenses, os reféns resgatados durante a operação especial de Israel são Fernando Simon Marman, de 60 anos, e Louis Har, 70. Os dois foram sequestrados em 7 de outubro pelo Hamas

    No Twitter, o Executivo argentino agradeceu às forças de segurança israelenses pela operação. “O Gabinete do Presidente agradece às Forças de Defesa de Israel, ao Shabak e à Polícia israelense por terem concluído com sucesso o resgate dos argentinos Fernando Simon Marman (60) e Louis Har (70), sequestrados desde 7 de outubro pelo grupo terrorista Hamas”.

    Em comunicado, o governo argentino também destacou as conversas que o presidente do país, Javier Milei, teve com o presidente e primeiro-ministro israelenses durante sua passagem por Israel na semana passada.

    Milei foi convidado por Netanyahu, em dezembro do ano passado, para realizar uma visita ao país, após vencer as eleições na Argentina.

    “Durante a sua visita ao Estado de Israel, o presidente Javier Milei reiterou ao presidente Isaac Herzog e ao primeiro-ministro Benjamin Netanyahu o pedido de libertação de cada um dos reféns argentinos”.

    Na nota, o governo da Argentina ainda diz que “continua a manter firmemente a sua condenação do terrorismo do Hamas”.