Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rei Charles III fará discurso à nação na Quinta-feira Santa

    Mensagem anual é tradição da monarquia britânica e a primeira que o monarca grava desde que ficou doente

    Rei Charles, do Reino Unido, envia mensagem do Dia da Commonwealth
    Rei Charles, do Reino Unido, envia mensagem do Dia da Commonwealth BBC/ITN/SKY

    Da Reuters

    O rei Charles III fará o primeiro discurso à nação desde que foi diagnosticado com câncer. Ele aparecerá em um vídeo na mensagem anual de Quinta-feira Santa (28).

    Na gravação, o monarca vai falar sobre bondade e amizade. A mensagem, que será divulgada na manhã desta quinta-feira (28), também citará o exemplo de Jesus antes de abordar os serviços públicos e aqueles que “estendem a mão da amizade”.

    Com o marido afastado de grande parte das funções públicas por causa da doença, a rainha Camilla vai encabeçar a tradicional cerimônia de Páscoa conhecida como Royal Maundy, na qual pequenas bolsas com dinheiro são distribuídas na Catedral da Igreja da Inglaterra.

    No domingo, o rei Charles participará da missa de Páscoa na Capela de São Jorge em Windsor. Essa será a primeira aparição pública presencual em um evento tradicional da realeza desde que foi revelado seu diagnóstico de câncer em fevereiro.

    O anúncio foi feito dias depois que Kate, a princesa de Gales e nora do rei, disse que também havia sido diagnosticada com câncer e que estava fazendo quimioterapia preventiva.

    A missa de Páscoa deste ano será menor em escala devido à saúde do rei, disse o Palácio de Buckingham.

    Kate e seu marido, o herdeiro do trono príncipe William, não comparecerão, conforme já havia sido anunciado por seu gabinete.

    Desde seu diagnóstico de câncer, Charles reduziu suas aparições públicas enquanto recebe tratamento. Ele não compareceu às comemorações do Dia da Commonwealth no início de março, uma ausência marcante em uma ocasião importante no calendário anual da monarquia britânica.

    O rei parece estar gradualmente intensificando seus compromissos públicos.

    Na terça-feira (26), ele se reuniu, no Palácio de Buckingham, com líderes religiosos que faziam parte de um programa destinado a promover a harmonia e compartilhar experiências de liderança em um momento de tensões geopolíticas elevadas.

    A confirmação de que ele irá à igreja no domingo aconteceu após notícias de que Charles estava achando o ritmo de sua recuperação frustrante, de acordo com seu sobrinho Peter Phillips.