Repórter da CNN relata aviões vazios em aeroporto do Afeganistão

Afegãos encontram dificuldade em entrar no aeroporto de Cabul devido a bloqueios de tropas do Talibã

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A repórter da CNN Internacional Clarissa Ward relatou, nesta quinta-feira (19), que os afegãos têm tido muita dificuldade para entrar no aeroporto de Cabul devido a bloqueios feitos pelas tropas do Talibã.  

“Todos os olhos estão no aeroporto. Em termos de proporção, as cenas são bíblicas. Milhares de pessoas tentando entrar desesperadamente, mas ainda vemos os combatentes do Talibã empurrando-as”, afirmou Ward. 

A jornalista relatou, ainda, que devido à dificuldade dos afegãos para entrar no aeroporto, alguns voos não estão em sua capacidade máxima e aguardam para que mais pessoas possam deixar o país. 

 

“É praticamente impossível para os afegãos entrarem no aeroporto, não importa por quanto tempo eles trabalharam para as forças americanas. Até agora, só os ocidentais conseguem entrar e sair. Como resultado, o que ouvimos de dentro do aeroporto é que os voos não estão cheios. Os voos estão em espera para que seja possível colocar mais gente. Mais voos devem sair hoje para que essa evacuação aconteça com rapidez”, completa a jornalista. 

A situação no país ficou mais tensa após protestos contra o Talibã eclodiram em algumas cidades. Um toque de recolher será imposto “por tempo indeterminado” em toda a cidade de Khost, no sudeste do Afeganistão, fontes do Talibã relataram à CNN.

Segundo Ward, tais protestos chegaram até a capital, mas a situação nas ruas de Cabul se encontrava mais calma na noite de quinta. 

 

Combatentes do Talibã patrulham as ruas de Cabul nesta quinta-feira (19)
Combatentes do Talibã patrulham as ruas de Cabul nesta quinta-feira (19)
Foto: Rahmat Gul/AP

Publicado por Evandro Furoni

Mais Recentes da CNN