Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia continua tentativas de cercar forças ucranianas no leste, diz assessor

    Oleksiy Arestovych, assessor do presidente ucraniano, falou que os principais esforços da Rússia no leste foram em torno das cidades de Popasna, Severodonetsk e Rubizhne, com mais combates em torno de Sloviansk e Kramatorsk

    Andrew Careyda CNNJulia PresniakovaKostan Nechyporenko

    A Rússia continua focada nas tentativas de cercar as forças ucranianas no leste do país, disse um assessor presidencial ucraniano nesta terça-feira (26).

    Oleksiy Arestovych, conselheiro do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, disse que os principais esforços da Rússia no leste foram em torno das cidades de Popasna, Severodonetsk e Rubizhne, com mais combates em torno de Sloviansk e Kramatorsk.

    “Embora o inimigo tenha recorrido a artilharia poderosa e ataques aéreos, nossas tropas manobram e repelem ataques com sucesso”, disse Arestovych.

    Autoridades regionais também anunciaram o que disseram ser a primeira evacuação bem-sucedida da vila de Bilohorivka, que tem visto bombardeios frequentes na última semana.

    Oleksiy Smyrnov, da administração regional de Donetsk, disse que 49 pessoas, entre elas oito crianças, foram retiradas da vila sob fogo russo e levadas de trem para um local seguro no oeste da Ucrânia.

    Enquanto isso, na vizinha Kreminna, que foi capturada por forças russas na semana passada, o governador regional de Luhansk, Serhiy Hayday, deu a entender que houve baixas russas significativas quando dois prédios na cidade explodiram na segunda-feira (25).

    As explosões — nos prédios do conselho da cidade e em outro prédio usado pelas forças russas — foram causadas por explosões de gás, disse Hayday.

    “Há grandes perdas. O chamado prefeito do povo morreu no prédio da prefeitura. Ainda estamos descobrindo o que aconteceu, tinha muita gente [dentro dos prédios]”, disse.

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original