Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia tem até 25 mil soldados tentando invadir cidade na Ucrânia, dizem militares

    Município fica em terreno estratégico elevado na região parcialmente ocupada de Donetsk

    Combates perto de Chasiv Yar, na região de Donetsk
    Combates perto de Chasiv Yar, na região de Donetsk 22/02/2024REUTERS/Inna Varenytsia

    Yuliia Dysada Reuters

    A Rússia tem uma força de 20 mil a 25 mil soldados tentando invadir a cidade de Chasiv Yar, no leste da Ucrânia, e as aldeias vizinhas, disseram militares ucranianos nesta segunda-feira (22), descrevendo a situação na área como difícil.

    A Ucrânia tem controle total de Chasiv Yar, que fica em um terreno estratégico elevado na região parcialmente ocupada de Donetsk, mas o principal comandante ucraniano afirma que o Exército russo quer capturar a cidade até 9 de maio, quando se comemora o Dia da Vitória Soviética na Segunda Guerra Mundial.

    “A situação ao redor da cidade é difícil, mas é possível controlá-la… Nossos defensores estão recebendo reforços e estabilizando a linha”, pontuou Nazar Voloshyn, porta-voz do comando militar do leste.

    “Há algo em torno de 20 mil a 25 mil militares russos tentando invadir Chasiv Yar e os arredores dos assentamentos próximos a ela”, destacou Voloshyn em comentários televisionados na emissora pública Suspilne.

    A captura de Chasiv Yar aproximaria a Rússia de duas cidades estrategicamente importantes sob controle ucraniano: Kramatorsk e Sloviansk.

    As tropas russas estão avançando, mas se espera que a assistência militar dos Estados Unidos chegue à Ucrânia para aliviar a escassez crítica de munição em questão de dias, após a aprovação final prevista para esta semana.

    “É difícil para nossos soldados, mas receber a assistência necessária equilibrará a situação”, ponderou o presidente Volodymyr Zelensky no Telegram.