Safira azul de mais de 300 kg é colocada em exposição no Sri Lanka

Apresentação do mineral de 310 quilos, que pode ser uma das joias mais raras do mundo, contou até com um ritual budista

A maior safira azul corindo natural do mundo está em exposição no Sri Lanka
A maior safira azul corindo natural do mundo está em exposição no Sri Lanka Reuters/reprodução

Da Reuters

Ouvir notícia

As autoridades do Sri Lanka exibiram no domingo o que disseram ser a maior safira azul corindo natural do mundo, pesando 310 quilos, que foi encontrada em um poço de joias há cerca de três meses.

Gemólogos locais, que examinaram a safira, disseram que era uma das joias mais raras do mundo. As organizações internacionais ainda não certificaram a pedra preciosa.

A safira foi exposta na casa de um dos proprietários do poço de gemas em Horana, 65 quilômetros ao sul de Colombo, maior cidade do país.

Um grupo de monges budistas entoou cânticos para a pedra antes que ela fosse revelada.

A pedra foi encontrada na área de Ratnapura, rica em joias, onde a população local já havia encontrado o maior aglomerado de safiras estelares do mundo no quintal de uma casa, por acidente.

Ratnapura é conhecida como a capital das pedras preciosas do sul da Ásia. O Sri Lanka é um grande exportador de safiras e outras pedras preciosas.

O país faturou cerca de meio bilhão de dólares com a exportação de safiras, diamantes e outras joias no ano passado, informou o órgão local da indústria de joias.

Mais Recentes da CNN