Sanders e Biden se comprometem a nomear mulheres para vice-presidente

Promessa foi feita em debate moderado por Dana Bash e Jake Tapper, âncoras da CNN, ao lado de Jorge Ramos, âncora da Univision

Os pré-candidatos democratas Joe Biden (à esq.) e Bernie Sanders (à dir.) em debate
Os pré-candidatos democratas Joe Biden (à esq.) e Bernie Sanders (à dir.) em debate Foto: Kevin Lamarque/Reuters (15.mar.2020)

Da CNN Brasil, em São Paulo

Ouvir notícia

Os dois pré-candidatos do partido Democrata na corrida para as eleições presidenciais de 2020, Joe Biden e Bernie Sanders, se comprometeram a nomear mulheres para a vice-presidência de suas chapas. A promessa foi feita na noite deste domingo (15) no debate moderado por Dana Bash e Jake Tapper, âncoras da CNN, ao lado de Jorge Ramos, âncora da Univision —emissora parceira.

“Há várias mulheres qualificadas para ser presidente amanhã. Eu escolheria uma mulher para ser minha vice-presidente”, disse Joe Biden. Em seguida, Bernie Sanders o acompanhou na promessa: “Para todas as possibilidades, eu irei”.  

“Para mim, não é apenas nomear uma mulher. É garantir que tenhamos uma mulher progressista e que haja mulheres progressistas por aí. Portanto, minha tendência muito forte é seguir nessa direção”, acrescentou Sanders.

Biden e Sanders são os únicos candidatos democratas que conseguiram pelo menos 20% dos delegados disputados até agora nas primárias, critério estabelecido pela organização.  

Até o momento, Biden lidera a disputa, após um surpreende desempenho na Superterça, no início do mês. O ex-vice de Barack Obama conta com os votos de 881 delegados, seguido por Sanders, com 725. São necessários 1.991 delegados para conquistar a indicação do partido na Convenção Nacional Democrata, marcada para 13 de julho em Milwaukee, no estado do Wisconsin.

Mais Recentes da CNN