Novo lockdown no Reino Unido? Ministro diz que internações dobram a cada 8 dias

Ministro da Saúde do país afirmou que lockdown será "último recurso" com a escalada de casos de Covid-19

Mulher usa máscara enquanto caminha por Londres
Mulher usa máscara enquanto caminha por Londres Foto: Dylan Martinez - 17.mar.2020/ Reuters

Guy Faulconbridge e Kate Holton,

da Reuters

Ouvir notícia

O ministro de Saúde do Reino Unido disse nesta sexta-feira (18) que o novo coronavírus está se acelerando em todo o país, com as internações hospitalares dobrando a cada oito dias, mas se recusou a dizer se outro bloqueio nacional seria imposto ou não no próximo mês.

O Reino Unido registrou o quinto maior número de mortes por Covid-19 em todo o mundo, depois dos Estados Unidos, Brasil, Índia e México, segundo dados coletados pela Universidade Johns Hopkins.

Leia também:
Mundo ultrapassa 30 milhões de casos da Covid-19

Questionado repetidamente pela Sky News sobre a perspectiva de um segundo bloqueio nacional no mês que vem, o secretário de Saúde britânico Matt Hancock disse que um bloqueio era o último recurso, mas que o governo faria o que fosse necessário para combater o vírus.

“O número de pessoas no hospital está dobrando a cada oito dias ou mais faremos o que for necessário para manter as pessoas seguras”, disse Hancock. “Nós mantemos essas coisas sob revisão.”

Questionado sobre um segundo bloqueio, ele disse: “não posso lhe dar essa resposta agora.”

O primeiro-ministro Boris Johnson foi criticado por políticos da oposição por sua resposta inicial ao surto e o governo tem lutado para garantir testes suficientes nas últimas semanas.

Mais Recentes da CNN