Sputnik V tem alta eficácia e mudança na Anvisa abre espaço para exportação

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A semana foi de muitas novidades envolvendo as vacinas contra a  Covid-19 . Pela primeira vez, o número de vacinados ultrapassou o número de contaminados pelo vírus. Além disso, foram divulgadas a eficácia de duas novas vacinas: a russa Sputnik V (91,6%), e a vacina desenvolvida pela Johnson & Johnson (66%). Mas dentro do Brasil, a notícia mais alardeada da semana foi uma mudança significativa da Anvisa. A agência reguladora  mudou suas regras e não exigirá mais que a fase três de teste das vacinas tenha ocorrido em território nacional para liberar o uso emergencial.

Neste episódio do CNN Mundo, Lourival Sant’Anna fala sobre o andamento da vacinação com Denise Garrett, infectologista e vice-presidente do Sabin Vaccine Institute, que está em Washington. Ouça também sobre o golpe de Estado em Mianmar e a prisão da líder civil Aung San Suu Kyi, que pôs fim ao período de dez anos de democracia no país. Países ao redor do mundo seguem restringindo voos do Brasil e Portugal vive um de seus piores momentos da pandemia com falta de oxigênio nos hospitais. O Índice Global da Democracia, da Unidade de Inteligência da revista The Economist, mostra que a democracia segue se deteriorando no mundo.

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

E Tem Mais

5 Fatos

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

CNN Mundo, apresentado por Lourival Sant'Anna, novos episódios toda sexta-feira
CNN Mundo, apresentado por Lourival Sant’Anna, novos episódios toda sexta-feira
Foto: CNN Brasil

Mais Recentes da CNN