Submarino indonésio afundou, afirma Marinha após encontrar destroços

Os destroços foram encontrados flutuando em um local onde o mar tem 850 metros de profundidade

Autoridades da Indonésia encontraram objeto metálico entre 50m e 100m de profundidade que pode ser de submarino desaparecido
Autoridades da Indonésia encontraram objeto metálico entre 50m e 100m de profundidade que pode ser de submarino desaparecido Foto: Reuters

Masrur Jamaluddin, da CNN

Ouvir notícia

A Marinha da Indonésia mudou o status de seu submarino de “desaparecido” para “afundou” no sábado (24), quando um chefe naval apresentou destroços que se acredita serem do veículo em uma entrevista coletiva.

As autoridades agora esperam realizar um processo de evacuação para recuperar o submarino KRI Nanggala-402 e sua tripulação quando identificarem sua localização exata, disse o chefe do Estado-Maior da Marinha da Indonésia, Yudo Margono.

A última atualização veio enquanto as esperanças diminuíam para os 53 membros da tripulação, que deveriam ter ficado sem oxigênio na manhã de sábado. Até agora, nenhum sinal deles foi encontrado, Yudo disse.

Alguns navios de guerra posicionados no mar de Bali, onde o submarino foi contatado pela última vez na quarta-feira, serão usados para ajudar a encontrá-lo, detectando objetos de metal ou magnéticos no mar, disse Yudo.

Seis pedaços de destroços que se acredita serem do submarino foram apresentados a jornalistas na entrevista coletiva. Os itens foram encontrados a cerca de três quilômetros do local onde o submarino começou a mergulhar antes de desaparecer, disse Yudo, e incluíam uma garrafa de graxa, parte de um lançador de torpedo, parte de um tubo de metal, tapetes de oração e combustível.

Os destroços foram encontrados flutuando em um local onde o mar tem 850 metros de profundidade.

Pessoas que estiveram em uma missão anterior no submarino KRI Nanggala-402 confirmaram que alguns dos destroços pertenciam ao submarino, disse o chefe do Estado-Maior da Marinha. A garrafa de graxa corresponde a que a tripulação usaria para lubrificar o periscópio do submarino.

Yudo disse que não se acredita que uma explosão tenha ocorrido no submarino, mas que a forte pressão sobre o veículo pode ter criado uma rachadura pela qual alguns itens escaparam.

Mais Recentes da CNN