Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Submarino Titan seria usado para explorar petróleo e gás, disse dono da OceanGate

    Em entrevista a uma revista de negócios em 2017, Stockton Rush falou dos seus planos de explorar os minerais do subsolo oceânico e disse que viagens ao Titanic financiariam a empreitada 

    Da CNN

    O CEO da OceanGate, Stockton Rush, queria usar o submarino Titan para mineração no fundo do mar. A revelação foi feita em uma entrevista para a revista de empreendedorismo Fast Company, em abril de 2017.

    Rush foi uma das cinco pessoas que morreram a bordo do Titan, quando este implodiu durante uma excursão aos destroços do Titanic, no final de junho.

    Na entrevista, o dono do Titan discutiu os planos de usar o veículo para retirada de minerais preciosos do solo oceânico, incluindo petróleo e gás, e fazer desta uma atividade voltada a reduzir os custos das viagens submarinas.

    “O maior recurso é o petróleo e o gás, e eles gastam cerca de US$ 16 bilhões por ano em robôs para atender às plataformas”, afirma Rush na entrevista. “Mas (as empresas) não adotam novas tecnologias.”

    Na entrevista, Rush parecia convencido da viabilidade técnica e econômica da exploração desses recursos por meio de submersíveis, comparando a empreitada à corrida do ouro nos Estados Unidos e a busca por metais preciosos em asteroides.

    “Existem todos esses recursos a serem explorados e eu não conseguia entender por que não havia submarinos tripulados”, diz ele. “Acontece que uma das razões era que as pessoas não haviam considerado o aspecto comercial de operar um submarino tripulado porque as operações eram financiadas pelos governos por meio de universidades para pesquisa. Ninguém pensava em custo, ninguém pensava em receita”.

    Para manter vivo o seu sonho, Rush pretendia investir pesadamente nas excursões ao Titanic – na qual acabou morrendo – que ele divulgava maciçamente. Segundo ele, seria a forma de obter os recursos financeiros necessários.

    “Seremos lucrativos com as viagens ao Titanic”, diz Rush. O Titanic é para onde vamos desde a inicialização até os negócios em andamento.”

    (Publicado por Fábio Mendes)