Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Surto de botulismo por consumo de sardinhas em restaurante francês mata 1 e deixa 8 hospitalizados

    Doença grave e não contagiosa é causada pela ação de uma potente toxina produzida por bactéria e paralisa o sistema nervoso

    O bar de vinhos Tchin Tchin em Bordeaux, França
    O bar de vinhos Tchin Tchin em Bordeaux, França Bordeaux Tourism & Conventions/Divulgação

    Joseph AtamanMaya Szanieckda CNN

    Uma pessoa morreu e oito pessoas foram hospitalizadas após um surto de botulismo — doença rara, grave e não contagiosa, causada pela ação de uma potente toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum (C botulinum) que paralisa o sistema nervoso – em um restaurante na cidade francesa de Bordeaux, de acordo com um comunicado do órgão de saúde pública da França na quarta-feira (14).

    Também foram identificados dois casos menos graves, segundo as autoridades de saúde locais.

    Acredita-se que as pessoas comeram a sardinha em conserva de azeite caseiro, contaminada com bactérias do botulismo. Todos jantaram no bar de vinhos Tchin Tchin de 4 a 10 de setembro, disse a Public Health France.

    Segundo a BFMTV, afiliada da CNN, a cliente que morreu era uma mulher de cerca de trinta anos que visitava Bordeaux com o companheiro, que ainda se encontra em cuidados intensivos.

    O botulismo é uma toxina neuroparalítica, considerada uma das substâncias mais potentes e letais do mundo.

    É produzido pela bactéria Clostridium botulinum e às vezes por cepas de Clostridium butyricum e Clostridium baratii. As bactérias em forma de “bastão” são comumente encontradas no solo e nos sedimentos de lagos, rios e oceanos.

    As bactérias prosperam em condições de baixo oxigênio, como alimentos enlatados, feridas profundas e no trato intestinal, mas quando ameaçadas formam esporos protetores com um revestimento duro que permite que as bactérias sobrevivam por anos.

    Thierry Touzet, vice-diretor da autoridade de proteção civil de Gironda, disse aos jornalistas na quarta-feira que o restaurante estará fechado “nos próximos dias, senão semanas”, após discussões com o proprietário para facilitar a limpeza e desinfecção das instalações.

    “Ele considerou fechar por um período mais longo para realizar todas essas operações e também para treinar técnicas de conservação de alimentos”, disse Touzet.

    Veja também: Cervejaria do Caso Backer irá indenizar vítimas de intoxicação

    “O estabelecimento estava bem conservado, mas havia um problema real no processo de conservação dos alimentos”, disse, acrescentando que foi solicitado ao proprietário que não fizesse mais conservas de peixe.

    Acrescentou que foram servidos nove potes de sardinha durante a semana em que foram identificadas as infecções, os quais podem ter sido consumidos por cerca de 25 pessoas.

    A agência de saúde pública da França alertou que qualquer pessoa – que visitou o restaurante e apresentou quaisquer sintomas de botulismo – deve procurar ajuda médica imediatamente. Esses sintomas podem incluir dores abdominais, vômitos, diarreia, visão turva ou dupla e boca seca acompanhada de dificuldade para engolir ou mesmo falar.

    O tratamento de infecções graves por botulismo pode envolver respiração assistida em terapia intensiva. No entanto, um tratamento rápido com antitoxinas após o início dos sintomas pode encurtar os períodos de hospitalização.

    O botulismo pode ser fatal em 5% a 10% dos casos, de acordo com a Public Health France.

    Bordeaux, no sudoeste da França, é conhecida por sua história e seus vinhos. A cidade é popular entre os turistas e também sedia jogos da Copa do Mundo de Rugby. A CNN entrou em contato com o promotor de Bordeaux e com o bar de vinhos Tchin Tchin para comentar.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original