Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tufão Koinu ameaça Taiwan; centenas de voos foram cancelados

    Jornadas de trabalho e aulas foram suspensas na ilha; tufão deve seguir para Hong Kong nos próximos dias

    Tufão Koinu se aproxima de Taiwan nesta quarta-feira (4)
    Tufão Koinu se aproxima de Taiwan nesta quarta-feira (4) REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

    Fabian HamacherCarlos Garciada Reuters

    Taitung, em Taiwan

    O tufão Koinu se dirigia ao sul de Taiwan nesta quarta-feira (4), levando chuvas e ventos fortes e causando o cancelamento de mais de 100 voos, bem como a suspensão das jornadas de trabalho e das aulas nas escolas.

    A previsão é que o Koinu atinja a costa sudeste de Taiwan, perto da cidade de Taitung, na manhã de quinta-feira (5), como um tufão de categoria três. Depois, ele se enfraquecerá ao cruzar a ponta sul da ilha e entrar no Estreito de Taiwan, segundo o Tropical Storm Risk.

    A chuva mais forte cairá nas partes montanhosas e pouco povoadas do condado de Pingtung, no sul, e nos condados da costa leste de Taitung e Hualien. O tufão também afetará a principal cidade portuária do sul, Kaohsiung.

    Em Taitung, os pescadores guardaram seus barcos no porto, pois as ondas se tornaram gradualmente mais intensas ao longo da costa leste de Taiwan.

    “Estamos preocupados que a chuva e o vento sejam muito fortes quando o tufão atingir a costa. Portanto, de nossa parte, reforçaremos a prevenção de tufões e esperamos que os moradores locais fiquem alertas e tomem cuidado”, disse Chen Chia-chen, do Conselho de Assuntos Oceânicos de Taiwan, falando em Taitung.

    Kaohsiung e sua cidade vizinha, Tainan, informaram que suspenderiam o trabalho e as aulas a partir das 18h desta quarta-feira e durante todo o dia de quinta-feira.

    A capital de Taiwan, Taipé, foi atingida por chuvas torrenciais, mas não se espera que seja gravemente afetada. Os escritórios e as escolas permaneceram abertos normalmente.

    As companhias aéreas taiwanesas cancelaram 87 voos domésticos, enquanto 25 voos internacionais também foram cancelados, informou o Ministério dos Transportes.

    Após passar por Taiwan, o tufão seguirá para as províncias de Guangdong e Fujian, no sul da China, e depois para Hong Kong, onde é provável que se enfraqueça ainda mais e se torne uma tempestade tropical.

    Veja também: Mais de 23 mil pessoas saem de casa na China por passagem de tufão