Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Em primeiro grande evento desde a morte de Philip, Rainha reabre Parlamento

    O discurso da monarca ao Parlamento aconteceu nesta-terça (11); Boris Jonhson afirmou que foi dada 'uma oportunidade histórica de mudar as coisas para melhor'

    Rainha Elizabeth II reabriu os trabalhos no Parlamento do Reino Unido nesta terça-feira (11)
    Rainha Elizabeth II reabriu os trabalhos no Parlamento do Reino Unido nesta terça-feira (11) Foto: Chris Jackson/WPA Pool/Getty Images (11.abr.2021)

    Elizabeth Piper e William James, Reuters

    Ouvir notícia

    A Rainha Elizabeth II realizou seu primeiro grande compromisso desde o funeral de seu marido, o Príncipe Philip, nesta terça-feira (11), revelando a agenda legislativa do governo do Reino Unido e confirmando os planos para proibir a terapia de conversão LGBTQ em uma cerimônia formal no Parlamento britânico.

    A Rainha abriu a nova sessão do Parlamento e leu em voz alta as prioridades do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, em um evento cerimonial que até alguns anos atrás ela comparecia rotineiramente com Philip, o duque de Edimburgo.

    Entre os anúncios no discurso da Rainha – que é escrito pelo governo, geralmente a cada primavera ou após uma eleição – estão a reintrodução de um projeto de lei polêmico para aumentar os poderes da polícia, metas ambientais e mudanças no setor de saúde e serviços sociais do Reino Unido.

    Em uma cerimônia simplificada por causa da pandemia de Covid-19, a Rainha usou um vestido em tons de roxo e com detalhes em amarelo, ao invés das túnicas e da coroa de praxe.

    Nos 18 meses transcorridos desde que os conservadores de Johnson foram reeleitos com uma grande maioria parlamentar, sua pauta foi ofuscada pela pandemia, que pegou seu governo de guarda baixa e absorveu muitos de seus recursos para a formulação de políticas.

    Como o programa de vacinação britânico está agora bem à frente daquele de muitos outros países e a disseminação do vírus está em níveis baixos, Johnson está torcendo para retomar sua pauta de “elevação de nível” e relançar um mandado ofuscado por acusações de nepotismo.

    “A prioridade do meu governo é produzir uma recuperação nacional da pandemia que torne o Reino Unido mais forte, mais saudável e mais próspero do que antes”, disse a Rainha de 95 anos ao Parlamento no discurso escrito pelo governo.

    “Para conseguir isto, meu governo nivelará oportunidades em todas as partes do Reino Unido, apoiando empregos, negócios e o crescimento econômico e enfrentando o impacto da pandemia nos serviços públicos.”

    Em uma introdução às paginas de promessas de governo, Johnson disse: “A crise não diminuiu de maneira nenhuma a ambição ou o apetite de mudança do governo (…) foi-nos dada uma oportunidade histórica de mudar as coisas para melhor”.

    Boris Johnson anunciará nova etapa de flexibilização do lockdown na Inglaterra
    Boris Johnson no Parlamento britânico
    Foto: Jessica Taylor – 12.abr.2021/Parlamento do Reino Unido/Divulgação via Reuters

    Pós-Brexit

    Depois de finalizar a saída britânica da União Europeia no final de 2020, o premiê quer exibir o que vê como os benefícios do Brexit – mas ainda não conseguiu cumprir uma promessa feita no referendo de campanha de 2016 do Brexit de destinar 350 milhões de libras (494 milhões de dólares) semanais ao serviço de saúde.

    Ao invés disso, seu governo tentará reduzir o que viu como uma burocracia excessiva da UE otimizando a ajuda estatal e as regras de aquisição para poder visar fundos para negócios em apuros mais rápida e diretamente.

    Trata-se de parte da estratégia governamental de “reconstruir melhor”, que também incluiu reformas educativas para ajudar adultos a terem acesso ao aprendizado ao longo da vida – algo visto por ministros como crucial para reformular a mão de obra britânica.

    (Com informações da CNN Internacional. Para ler o texto original, em inglês, clique aqui)

    Mais Recentes da CNN