Tiroteio em Wisconsin deixa três mortos e dois feridos

Tiros aconteceram em uma taverna no condado de Kenosha; Estados Unidos sofreram pelo menos 47 tiroteios em massa desde 16 de março

Foto: WTMJ/Reprodução

Alta Spells e Holly Yan, da CNN

Ouvir notícia

As autoridades estão procurando o autor dos disparos que matou três pessoas e feriu gravemente outras duas em uma taverna no condado de Kenosha, no Estado de Wisconsin, nos Estados Unidos, neste domingo (18).

Segundo o xerife do condado David G. Beth, os tiros ocorreram dentro e fora da taverna The Somers House, por volta da 0h40 de domingo. O autor dos disparos está foragido.

“Parece que uma pessoa foi retirada do estabelecimento e possivelmente voltou pouco tempo depois e começou a atirar. Não está claro exatamente por que essa pessoa foi removida, ou se havia um ou mais atiradores”, disse o xerife à CNN.

O xerife disse que o ato não deve ter sido aleatório, mas afirma não acreditar que as pessoas da região estejam em perigo porque o suspeito ainda não foi capturado.

Cerca de 100 policiais “estão vasculhando a área tentando encontrar qualquer vídeo e qualquer coisa que possa nos ajudar no local agora”, disse Beth.

O governador de Wisconsin, Tony Evers, disse após o tiroteio que seu “coração está partido por Kenosha”.

“Quero agradecer aos primeiros agentes que reagiram rapidamente e ainda estão trabalhando para investigar e encontrar os envolvidos nesta tragédia sem sentido”, disse Evers em um comunicado neste domingo.

“Kathy e eu nos unimos aos moradores de Wisconsin na esperança e orações para que os feridos se recuperem dos ferimentos. Estamos pensando nas famílias e entes queridos afetados e em toda a comunidade de Kenosha enquanto eles sofrem e lutam por mais um trágico incidente de violência armada.”, afirmou Evers.

Novo tiroteio

Um outro tiroteio ocorreu neste domingo nos Estados Unidos, na cidade de Austin, no Texas. Segundo a polícia, um homem de 41 anos teria atirado em duas mulheres e um homem em “uma situação doméstica isolada”. 

Os Estados Unidos sofreram pelo menos 47 tiroteios em massa desde 16 de março, quando oito pessoas foram mortas em três spas da área de Atlanta, de acordo com reportagens da CNN e uma análise de dados do Gun Violence Archive (GVA), mídia local e relatórios policiais .

Os 47 ataques incluem o tiroteio de Kenosha e outro ataque em massa na noite de sábado (17) em Columbus, Ohio, que deixou uma pessoa morta e cinco feridas, de acordo com a afiliada da CNN WSYX.

 

 

Mais Recentes da CNN