Tóquio e outras três cidades do Japão entrarão em estado de emergência

As medidas de restrição entram em vigor neste domingo (25); além da capital sede da Olimpíada, Osaka, Kyoto e Hyogo também enfrentarão restrições

Chie Kobayashi, CNN

Ouvir notícia

 

Quatro prefeituras do Japão entrarão em estado de emergência a partir deste domingo (25), disse o primeiro-ministro Yoshihide Suga em uma reunião de gabinete nesta sexta-feira (23).

A decisão acontece a três meses do início da Olimpíada, que tem a cerimônia de abertura prevista para 23 de junho. 

As cidades Tóquio, sede dos Jogos Olímpicos, Osaka, Kyoto e Hyogo estarão em estado de emergência até 11 de maio, período muito mais curto do que as determinações anteriores, que duraram entre 7 e 10 semanas.

O Japão está no meio de uma quarta onda de infecções pelo novo coronavírus e, atualmente, há restrições elevadas em 10 prefeituras – cobrindo principalmente as áreas metropolitanas de Tóquio e Osaka.

“Esta declaração visa intensificar as medidas contra os restaurantes e impedir a circulação de pessoas, durante a Semana Dourada, como uma medida curta e intensiva”, disse Suga.

Em estado de emergência, grandes espaços comerciais, como shoppings, ficarão impedidos de operar, exceto para fornecer itens e serviços essenciais. 

Os estabelecimentos que servem bebidas alcoólicas serão solicitados a fechar e os que não vendem só poderá ficar abertos até as 20h, sob pena de multa.

(Esse texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui)

Homem de máscara passa em frente ao símbolo da Olimpíada de Tóquio
Cidades entram em estado de emergência três meses antes da Olimpíada
Foto: James Matsumoto/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Mais Recentes da CNN