Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Três marinheiros de porta-aviões dos EUA morrem em menos de uma semana

    Marinha não forneceu a causa de morte para nenhuma das vítimas encotradas no USS George Washington

    Porta-aviões USS George Washington
    Porta-aviões USS George Washington Divulgação/Marinha dos Estados Unidos

    Barbara StarrOren Liebermannda CNN

    Ouvir notícia

    Três marinheiros do porta-aviões USS George Washington dos Estados Unidos foram encontrados mortos em menos de uma semana, informou a Marinha americana, enquanto o Serviço de Investigação Criminal Naval e as autoridades locais investigam as mortes.

    Um marinheiro foi encontrado inconsciente a bordo do porta-aviões na última sexta-feira (15), enquanto outros dois foram encontrados em locais fora da base nos dias 9 e 10 de abril.

    “Enquanto esses incidentes permanecem sob investigação, não há indicação inicial para sugerir que há uma correlação entre esses eventos trágicos”, disse o comandante. Reann Mommsen, uma porta-voz da Marinha.

    A Marinha não forneceu uma causa de morte para nenhum dos três, mas o navio trouxe a bordo uma Equipe Especial de Intervenção Psiquiátrica Rápida. Essas equipes destinam-se a fornecer suporte de saúde mental de curto prazo após um evento traumático, como a perda de vidas.

    O marinheiro encontrado morto em 9 de abril foi identificado pela Marinha como o Especialista em Serviços de Varejo de 3ª Classe Mikail Sharp e o de 10 de abril como o Eletricista de Comunicações Interiores de 3ª Classe Natasha Huffman.

    A Marinha não identificou o terceiro marinheiro que foi encontrado inconsciente a bordo do navio na última sexta.

    “Nossos pensamentos e condolências estão com a família, amigos e companheiros de bordo de nossos marinheiros”, disse Mommsen.

    O USS George Washington é um porta-aviões da classe Nimitz movido a energia nuclear. Atualmente, está em Newport News, Virgínia, onde está passando por um reabastecimento e uma revisão complexa, um processo único para substituir o combustível nuclear do navio e reequipá-lo para operações futuras.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN