Três policiais são hospitalizados em Nova York após ataque durante patrulhamento

Um dos agentes foi ferido por uma faca no pescoço e os outros dois foram baleados nas mãos

Da CNN

Ouvir notícia
Rua no bairro do Brooklyn, em Nova York
Rua no bairro do Brooklyn, em Nova York
Foto: Reprodução – 08.mai.2020 / Reuters

Três policiais foram hospitalizados em Nova York após um ataque no bairro do Brooklyn na noite dessa quarta-feira (3). Um dos agentes fazia patrulhamento pela região, quando foi ferido com uma facada no pescoço. Outros dois policiais dispararam diversas vezes contra o agressor e foram baleados nas mãos, informou a polícia local.

Os quatro envolvidos foram levados ao hospital. Os policiais estão em condição estável e o suspeito, em estado grave, de acordo com a corporação. O prefeito Bill de Blasio foi até a unidade de saúde para prestar apoio aos agentes.

O ataque ocorreu em meio à onda de protestos em Nova York contra o racismo e a morte de George Floyd, homem negro desarmado que foi assassinado por um policial.

Assista e leia também:
Outros 3 policiais envolvidos na morte de Floyd são formalmente acusados
Familiares e amigos visitam local da morte de George Floyd: ‘Queremos justiça’
Papa Francisco cita morte de George Floyd e diz que racismo é pecado

Ainda não se sabe se o ataque está relacionado às manifestações. O comissário de polícia Dermot Shea disse que os agentes envolvidos haviam sido acionados para conter saques na região.

Um homem caminhou “calmamente” até um dos policiais, sacou uma faca e atacou o agente no lado esquerdo do pescoço, informou Shea. “Parece ser um ataque completamente covarde, desprezível e sem sentido, a um policial indefeso”, afirmou ele.

Os outros dois policiais ouviram disparos perto dali, correram para o local e viram que suspeito segurava a arma do agente ferido. A dupla acabou sendo baleada nas mãos, mas o comissário não detalhou como isso aconteceu.

Na noite de quarta-feira, a polícia entrou em confronto com cerca de 1 mil manifestantes que desafiaram, pacificamente, o toque de recolher em Nova York. Os agentes agrediram algumas pessoas presentes, incluindo jornalistas.

(Com Reuters)

Mais Recentes da CNN