Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tribunal Mundial ordena que Israel tome medidas para prevenir atos de genocídio

    Israel deve entregar relatório dentro de um mês

    Corte Internacional de Justiça em Haia
    Corte Internacional de Justiça em Haia 11/1/2024 REUTERS/Thilo Schmuelgen

    Da Reuters

    O Tribunal Internacional de Justiça ordenou na sexta-feira (26) que Israel tomasse todas as medidas ao seu alcance para evitar atos de genocídio em Gaza.

    Com a leitura em andamento, o tribunal disse que Israel deve garantir que as suas forças não cometam genocídio e tomar medidas para melhorar a situação humanitária.

    Israel deve informar o tribunal dentro de um mês sobre o que está fazendo para manter a ordem.

    “O Estado de Israel deverá… tomar todas as medidas ao seu alcance para impedir a prática de todos os atos no âmbito do Artigo II da Convenção do Genocídio”, disse o tribunal.

    Numa decisão abrangente, uma grande maioria do painel de 17 juízes do TIJ votou a favor de medidas urgentes que cobriam a maior parte do que a África do Sul pediu, com a notável exceção de ordenar a suspensão da ação militar israelense em Gaza.