Trump cancela discurso ao ar livre antes de comício por falta de público

Presidente americano fará primeiro evento de campanha neste sábado em Tulsa, Oklahoma, um dos estados mais afetados pela Covid-19

Pessoas em frente ao palco montado para discurso ao ar livre do presidente Donald Trump
Pessoas em frente ao palco montado para discurso ao ar livre do presidente Donald Trump Foto: CNN (20.jun.2020)

Maeve Reston, da CNN

Ouvir notícia

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump subiu ao palco neste sábado (20) para uma plateia menor do que o esperado em seu primeiro comício desde o início da pandemia do novo coronavírus. 

Nos dias anteriores ao evento na cidade de Tulsa, no Oklahoma, ele e seus aliados se entusiasmaram com a expectativa de uma grande multidão, com funcionários de campanha dizendo à CNN que mais de um milhão de pessoas se registraram para o evento, e um agente local declarando que esperava que 100 mil aparecessem nos arredores da arena. 

No entanto, essa multidão não foi tão grande quanto era esperado durante a tarde deste sábado, levando a uma mudança abrupta de planos. Uma fonte disse à CNN que a equipe abandonou o plano do presidente de falar para uma área do lado de fora da arena, onde apenas poucas dúzias de pessoas estavam menos de duas horas antes do evento. 

Leia também:

Horas antes de comício, seis funcionários de Trump testam positivo para Covid-19

Campanha de Trump nega responsabilidade caso eleitor pegue Covid-19 em comício

A campanha estava inclinada à decisão por medo de irritar o presidente se não houvessem tanto público quanto o ele esperava ao chegar ao local. 

Pouco antes do início do evento, um produtor da CNN que se inscreveu para os ingressos do comício recebeu uma mensagem de texto da campanha de Trump que dizia às pessoas para entrarem no estádio. “A Grande Celebração do Retorno Americano está quase aqui”. Portas estão abertas no BOK Center. O presidente Trump não pode esperar. Ainda tem espaço!”

Equipe infectada

Horas antes do evento, seis funcionários da equipe de Trump testaram positivo para o novo coronavírus, informou a campanha neste sábado.

O diretor de comunicações de sua campanha à reeleição, Tim Murtaugh, disse em nota que “por protocolos de segurança, os funcionários da campanha estão sendo testados para a Covid-19 antes dos eventos. Seis membros do grupo de avanço testaram positivo dentre centenas de testes feitos e procedimentos de quarentena foram implementados imediatamente”.

Até este sábado, o condado de Tulsa foi o que registrou mais casos de todo o estado — 2.206 ao todo, de acordo com o departamento de Saúde local. O estado registrou recentemente o maior número de novos casos desde o início da pandemia. 

(Texto traduzido, leia o original em inglês)

Mais Recentes da CNN