Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Trump diz que não será ditador se retornar à Casa Branca: “exceto no 1° dia”

    Republicano quer disputar novamente comando da Casa Branca contra o atual presidente, Joe Biden

    Trump faz campanha em New Hampshire
    Trump faz campanha em New Hampshire 11/11/2023 REUTERS/Brian Snyder

    Elizabeth Matravolgyida CNN*

    Nos Estados Unidos, o ex-presidente Donald Trump foi questionado se iria abusar do poder caso reeleito, e respondeu que “exceto no primeiro dia”. A declaração foi feita durante uma entrevista ao canal de televisão americano FOX News.

    O apresentador Sean Hannity questiona Trump: “Sob nenhuma circunstância, você está prometendo à América esta noite que nunca abusaria do poder como vingança contra alguém?”.

    O republicano responde rapidamente: “Exceto no primeiro dia. Quero fechar a fronteira e quero perfurar, perfurar, perfurar”. O ex-presidente faz menção à crise de refugiados que lota a fronteira dos Estados Unidos com o México e à produção interna de petróleo do país.

    “Estamos fechando a fronteira e perfurando, perfurando, perfurando. Depois disso, não sou um ditador”, disse Trump.

    Apesar das declarações, aliados e integrantes da campanha de Trump dizem que, se eleito, o republicano deve utilizar o poder executivo como nunca visto antes.

    O plano de Trump inclui ter mais controle da Casa Branca sobre o Departamento de Justiça, uma instituição que o ex-presidente disse que utilizaria para se vingar de seus críticos e ex-aliados.

    “Vou nomear um verdadeiro promotor especial para perseguir o presidente mais corrupto da história dos Estados Unidos, Joe Biden, e toda sua família criminosa”, disse o ex-presidente em junho.

    Trump disse em um vídeo, em março deste ano, que assinaria uma ordem executiva que lhe permitiria “remover burocratas desonestos”. Ele prometeu “exercer esse poder de forma muito agressiva”.

    Especialistas afirmam que um novo mandato de Trump levaria a anos de batalhas jurídicas e confrontos políticos com o Congresso sobre os limites da autoridade presidencial nos Estados Unidos.

    Biden x Trump

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta terça-feira (05) que poderia ter evitado uma tentativa de reeleição caso não fosse enfrentar Donald Trump, acrescentando que o republicano representa uma ameaça única ao país.

    “Se Trump não estivesse concorrendo, não tenho certeza se eu estaria concorrendo”, disse Biden em um evento de arrecadação de fundos para sua campanha de 2024, em Boston. “Não podemos deixá-lo vencer”, disse o líder americano.

    *Com informações da CNN Internacional