Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Trump tirou proveito máximo de toda exposição midiática”, avalia professor

    Na avaliação de Leonardo Trevisan, o ex-presidente norte-americano tem um monopólio absoluto de mídia e o usa a ser favor

    Da CNN

    Nos últimos dias, a “mugshot” do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, estampou reportagens e até canecas, além de circularem pelas redes sociais. Ele, que enfrenta quatro acusações criminais, tem aproveitado a mídia em cima dos seus problemas com a Justiça para ganhar mais popularidade, avaliou o professor de Relações Internacionais da ESPM, Leonardo Trevisan, em entrevista à CNN.

    “É só olharmos para esta imagem e nós vamos ter a exata ideia do que ela significa: Donald Trump tirou proveito máximo de toda esta exposição midiática. Ele tem um absoluto monopólio da mídia e ele a usa da melhor forma possível”, avalia.

    “Qualquer um de nós que fosse preso não faria essa cara. Essa cara aí é de confronto, de enfrentamento. Quem é o acusado que enfrenta o juiz? Só Donald Trump. É exatamente isso que empurra, que comove, que faz, de algum modo, explodir seus adeptos”, acrescentou.

    A campanha do ex-presidente afirma ter arrecadado US$ 7,1 milhões (cerca de R$ 35 milhões) desde que o ex-presidente foi fichado em uma prisão de Atlanta na quinta-feira (24).

    O professor destacou que neste mês, quando começaram os processos contra Trump, sua popularidade cresceu.

    “Ele tem mais voto que todos os outros candidatos juntos. Quando nós olhamos para isso, a gente entende como ele usa a mídia”, pontuou.

    Veja: Trump lidera pesquisa de intenção de voto entre republicanos para disputar presidência

    (Publicado por Marina Toledo. Entrevista produzida por Carol Raciunas)