Ucrânia perdeu “temporariamente” acesso ao Mar de Azov, diz ministério da Defesa

Forças russas estavam apertando o cerco em torno do principal porto do mar de Mariupol, segundo autoridades ucranianas; entenda importância da região

Reuters

Ouvir notícia

O Ministério da Defesa da Ucrânia disse, na noite de sexta-feira (18), que perdeu o acesso ao Mar de Azov “temporariamente”, já que forças invasoras russas estavam apertando o cerco em torno do principal porto do mar de Mariupol.

“Os ocupantes tiveram sucesso parcial no distrito operacional de Donetsk, privando temporariamente a Ucrânia do acesso ao Mar de Azov “, disse o Ministério da Defesa da Ucrânia em comunicado.

A pasta não especificou em seu comunicado se as forças da Ucrânia recuperaram o acesso ao mar.

A Rússia disse na sexta-feira que suas forças estão “apertando o cerco” em torno de Mariupol, onde cerca de 80% das casas da cidade foram danificadas.

Mariupol, com sua localização estratégica na costa do Mar de Azov, é um alvo desde o início da guerra em 24 de fevereiro, quando o presidente russo, Vladimir Putin, lançou o que chamou de “operação militar especial”.

A cidade fica na rota entre a península da Crimeia, anexada à Rússia, a oeste, e a região de Donetsk, a leste, que é parcialmente controlada por separatistas pró-russos.

A Rússia alegou em 1º de março que suas forças haviam isolado os militares ucranianos do Mar de Azov.

Imagens mostram destruição na Ucrânia após 21 dias de guerra

Mais Recentes da CNN