Veterinários usam botões de plástico para consertar mandíbula de gato nos EUA

O gatinho tinha uma mandíbula quebrada e graves lacerações faciais, que os veterinários consertaram de uma forma original, usando quatro botões

Foto: Angell Animal Medical Center/Divulgação

Morgan Rimmer, da CNN, em Nova York

Ouvir notícia

Um gatinho de 7 meses chamado Juicebox poderia ter perdido todas as suas nove vidas quando o cachorro de sua família o atacou. Em vez disso, ele foi salvo por alguns veterinários inovadores e um punhado de botões de plástico.

Juicebox foi levado ao Angell Animal Medical Center, em Boston, nos Estados Unidos, depois que uma brincadeira com seu irmão canino saiu do controle. O gatinho tinha uma mandíbula quebrada e graves lacerações faciais, que os veterinários consertaram de uma forma original, usando quatro botões coloridos.

“Os botões são presos a fios em ambos os lados de suas bochechas. E os botões seguram as suturas no lugar. Mas também mantém a mandíbula no lugar enquanto ele melhora”, disse Rob Halpin, porta-voz da Sociedade de Prevenção de Crueldade contra Animais de Massachusetts.

Juicebox provavelmente terá seus botões removidos na próxima semana, e Halpin diz que já está mostrando seu lado lúdico para sua família adotiva.

“Ele é muito sociável, confiante e não se comporta mal”, disse ele. “Animais mais jovens tendem a se curar um pouco mais rápido, assim como os humanos mais jovens.”

O gato sortudo precisará encontrar uma nova família sem cães, depois que estiver curado. Mais de 150 famílias fizeram fila para adotá-lo.

(Esta matéria foi traduzida. Clique aqui para ler a versão original, em inglês).

 

Mais Recentes da CNN