Via Sacra é celebrada pelo papa na praça São Pedro pela primeira vez em 56 anos

Desde 1964, procissão é realizada junto a milhares de fiéis em frente ao Coliseu, em Roma

Via Sacra é celebrada pelo papa Franscisco na Praça São Pedro sem presença do público
Via Sacra é celebrada pelo papa Franscisco na Praça São Pedro sem presença do público Foto: Reprodução (10.abr.2020)

Da CNN

Ouvir notícia

A Via Sacra foi celebrada pelo Vaticano nesta sexta-feira (10) sem a participação do público, numa praça São Pedro deserta, pela primeira vez em 56 anos. Desde 1964, a procissão é realizada em frente ao Coliseu, em Roma, em evento que reúne milhares de fiéis.

A adaptação é feita em meio à pandemia do novo coronavírus, que fez mais vítimas na Itália que em qualquer outro país até o momento. De acordo com a Agência de Proteção Civil local, a nação tem 147.577 casos confirmados e 18.849 mortos pela COVID-19. 

Leia também:

Papa Francisco visita Roma esvaziada e reza pelo fim do coronavírus

Papa reza só e concede indulgência plenária por pandemia de coronavírus

Também chamada de Via Crúcis, a prática relembra o caminho percorrido por Jesus até chegar ao calvário, onde foi crucificado. O rito acontece na Sexta-feira Santa, uma das datas mais importantes do calendário litúrgico católico.

A Via Sacra em frente ao Coliseu, em Roma, em 2019
A Via Sacra em frente ao Coliseu, em Roma, em 2019
Foto: Vatican News/Divulgação (19.abr.2019)

Mais cedo nesta sexta, aconteceu a missa da Paixão na Basílica de S. Pedro —também vazia. Nesta data, o Papa não discursa. Quem fez a homilia foi o padre Raniero Cantalamessa, que pediu que esse momento incentive os católicos a valorizarem o que mais importa.

“Não vamos permitir que tanta dor, tantas mortes e os sacrifícios heroicos dos trabalhadores da saúde sejam em vão”, disse.

Com informações da Reuters

Mais Recentes da CNN