Vulcão nas Canárias sofre nova erupção; veja vídeo

Cinco mil pessoas já foram evacuadas da região; não há registro de vítimas até o momento

Anna Gabriela Costada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia
Equipes coletam amostras para análise de rochas / Instituto Volcanológico de Canarias

Imagens do Instituto Volcanológico das Canárias, divulgadas nesta terça-feira (21), mostram que a erupção do vulcão na região de Las Palmas, nas Ilhas Canárias, voltou a ficar intensa nesta tarde, após milhares de pessoas terem sido evacuadas de suas casas.

Esta é a primeira erupção vulcânica da região, nos últimos 50 anos. O vulcão entrou em erupção neste domingo (19), lançando lava a centenas de metros no ar, engolindo casas e florestas e enviando rocha derretida em direção ao Oceano Atlântico sobre uma área escassamente povoada de La Palma, a ilha mais a noroeste do arquipélago na Espanha.

De acordo com o Instituto Volcanológico das Canárias,  uma equipe coletou fragmentos de lava em frente aos riachos para realização de análise petrológica.

“A coleta das amostras é feita em ambiente seguro e sem riscos para nossos pesquisadores. A pessoa que realiza a amostragem usa babador térmico, tela de proteção e luvas que não aparecem na fotografia”, disse o Instituto.

Equipes coletam amostras para análise de rochas / Instituto Volcanológico de Canarias

Nenhuma morte foi relatada, mas o vulcão ainda está ativo.

Cerca de 20 casas foram engolidas no vilarejo de El Paso junto com trechos de estradas, disse o prefeito Sergio Rodriguez à rádio TVE, acrescentando que a lava estava se espalhando pelos vilarejos vizinhos, colocando centenas de casas em risco.

O vulcanologista Nemesio Perez disse que é improvável que haja fatalidades – desde que ninguém se comporte de forma imprudente.

La Palma estava em alerta máximo para uma erupção depois que mais de 22 mil tremores foram relatados no espaço de uma semana em Cumbre Vieja, que pertence a uma cadeia de vulcões que teve uma grande erupção em 1971 e é um dos vulcânicos mais ativos regiões nas Canárias.

Mais Recentes da CNN